Ensino de geografia por meio da literatura:

uma análise da obra Vidas Secas, de Graciliano Ramos

Autores

  • Aparecido Roberto de Moura UENP
  • Vanessa Maria Ludka UENP

Palavras-chave:

Espaço geográfico; Aprendizagem; Obras literárias; Conceitos geográficos.

Resumo

A pesquisa apresentada teve como objetivo analisar o uso da Literatura como ferramenta metodológica para o ensino da Geografia por meio da obra Vidas Secas de Graciliano Ramos, e correlacionar o conteúdo da obra com os conceitos geográficos de lugar, paisagem, espaço, fome e migração no semiárido nordestino e assim estabelecer um diálogo entre a Geografia e Literatura em uma aula interdisciplinar. A metodologia utilizada neste estudo foi a pesquisa bibliográfica com abordagem qualitativa acerca do tema a ser analisado, para entender e sistematizar a ligação existente entre a Geografia e a Literatura. Posteriormente foi realizada a análise da obra “Vidas Secas” de Graciliano Ramos e sua aplicação no ensino da Geografia, apontando as categorias geográficas, por meio de fragmentos da obra para a consolidação dos nossos objetivos. Por meio da análise do livro “Vidas Secas, pode-se perceber que a Literatura contribui para a formação subjetiva do lugar e consequentemente da paisagem, a qual estimula a curiosidade e instiga a produção de novos conhecimentos. Por meio da análise desta obra, o estudo de espaço, lugar e regionalismo do Nordeste fica em evidência e deixa o aprendizado muito mais fácil, além da magia que a literatura proporciona. 

Biografia do Autor

Aparecido Roberto de Moura, UENP

Licenciado em Geografia pela Univerisidade Estadual do Norte do Paraná. Especialista em Geografia e Meio Ambiente pela Universidade Estadual do Norte do Paraná. 

Vanessa Maria Ludka, UENP

Doutora em Geografia pela Universidade Federal do Paraná, Mestre em Geografia pela Universidade Federal do Paraná. Especialista em Geografia: Gestão Ambiental e Biodiversidade pela Faculdade Estadual de Filosofia Ciências e Letras (2009). Especialista em Turismo e Planejamento pela Faculdade de Filosofia Ciências e Letras (2006), Licenciada em Geografia pela Faculdade Estadual de Filosofia Ciências e Letras (2009) e Bacharel em Turismo pela Universidade da Cidade de União da Vitoria (2004). Professora Adjunto A da Universidade do Norte do Paraná - UENP - Campus de Cornélio Procópio. Professora Colaboradora do Programa de Pós-Graduação em Ensino da Universidade Estadual do Norte do Paraná. Tem experiência na área de Geografia Agrária, Geografia da Fome e Geografia do Turismo. Atua principalmente nos seguintes temas: Geografia, Geografia da Fome, Geografia Agrária, Geografia do turismo, Geografia do Paraná e Guerra do Contestado. É líder do Grupo e Pesquisa GEOFOME - Geografia da Fome, Território, Campo-Cidade e Desenvolvimento. E é membro do Observatório(s) do(s) centenário(s) da Guerra do Contestado.

Referências

ALMEIDA, José Américo de. A Bagaceira. Rio de Janeiro: José Olympio, 1928.

AMADO, Jorge. Cacau. São Paulo: Companhia das Letras, 1933.

AMADO, Jorge. Capitães da Areia. São Paulo: Companhia das Letras, 1937.

AMADO, Jorge. O país do carnaval. São Paulo: Companhia das Letras, 1931

ANTONELLO, Ideni T.; MOURA, Jeani Delgado de; TSUDAMOTO, Ruth. Múltiplas Geografias: Ensino – Pesquisa – reflexão. Londrina: Edições Humanidade, 2005. V. II.

BECKER, Olga Maria Schild. Mobilidade Espacial da população: conceitos, tipologia, contextos. In: CASTRO, Iná Elias de; GOMES, Paulo César da Costa; CORRÊA, Roberto Lobato (orgs.). Explorações Geográficas: percursos no fim do século. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil. 1997. p. 319-367.

BOSI, Alfredo. História concisa da literatura brasileira. 39. ed. São Paulo: Cultrix, 2001.

BRASIL. Ministério da Educação. Secretaria de Educação Média e Tecnológica. PCNs - Parâmetros Curriculares Nacionais: Ensino Médio. Brasília: Ministério da Educação,1999.

BROSSEAU, Marc. Des Romains - géographes - Essai. Paris: L'Harmattan, 1996.

CASTRO, Josué de. Geografia da Fome/ o dilema brasileiro: pão e aço. 14 ed. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2001.

CHEVALIER, Michel (org.) La Literature dans tous ses Espaces. Paris: CNRS, 1993.

CORSINI, Leonora Figueiredo. Migrações e êxodo constituinte. In: FERREIRA, Ademir Pacelli; VAINER, Carlos; PÓVOA NETO, Helion; SANTOS, Miriam de Oliveira (org.). A experiência migrante: entre deslocamentos e reconstruções. Rio de Janeiro: Garamond, 2010. p. 521-536.

FABREGAT, Clemente Herrero. Geografía y Educacion: Sugerências Didácticas. Madrid Spaña: Huerga e Fierro Editores, 1995.

LÉVY, Bertrand. Géographie culturelle, géographie humaniste et littérature: Position épistémologique et méthodologique. Géographie et Cultures, n. 21, p. 27-44, 1997. Disponível em: https://archive-ouverte.unige.ch/unige:18298. Acesso em: 9 set. 2020.

LIMA, Solange Terezinha. Geografia e Literatura: alguns pontos sobre a percepção de paisagem, 2000. Disponível em: https://www.google.com/search?client=firefox-b-d&q=LIMA%2C++Solange++Terezinha.+Geografia++e++Literatura%3A++alguns++pontos++sobre++a++percep%C3%A7%C3%A3o++de+paisagem%2C+2000. Acesso em: 9 set. 2020.

MALLORY, William; SIMPSON-HOUSLEY, Paul. Geography and Literature: a meeting of the disciplines. Syracuse: Syracuse University Press, 1987. 210p.

MARANDOLA JUNIOR, Eduardo; GRATÃO, Lúcia Helena Batista (org). Geografia e Literatura: Ensaios sobre geograficidade, poética e imaginação. Londrina: Eduel, 2000. 354 p.

MARTINS, Dora; VANALLI, Sônia. Migrantes. 6. ed. São Paulo: Contexto, 2004.

PARANÁ (Estado). Diretrizes Curriculares da Educação Básica Geografia. Curitiba, 2008. Disponível em: http://www.educadores.diaadia.pr.gov.br/arquivos/File/diretrizes/dce_geo.pdf. Acesso em: 11 mar. 2020.

POCOCK, Douglas (ed.) Humanistic Geography and literature: essays on the experience of place. Abingdon: Taylor & Francis, 1981. 224 p.

QUEIROZ, Rachel de. O Quinze. Rio de Janeiro: Ed. do Brasil, 1937.

RAMOS, Graciliano. Vidas Secas. 30. ed. São Paulo: Martins Fontes, 1972.

REGO, José Lins do. Menino de Engenho. Rio de Janeiro: Ed. Livraria José Olympio, 1932.

SÁ, Francisco Edilson de O.; MENZL, Guilherme. As possibilidades entre Geografia e Literatura: conteúdos geográficos em Morte e Vida Severina. São Paulo, 2010.

SILVA MATIAS, Vandeir Robson de. Exclusão social e pobreza no espaço urbano - o papel do estado na sociedade capitalista brasileira: contribuições para um debate. Revista Caminhos de Geografia, v. 5, n. 13, p. 175-186, 2004. Disponível em: www.ig.ufu.br/caminhos_de_geografia.html. Acesso em: 9 set. 2020.

TUAN, Yi-Fu. Literature and Geography: implications for geographical research. In: LEY, David; SAMUELS, Marwyn S. (eds.). Humanistic Geography: prospects and problems. Chicago: Maaroufa Press, 1978. p. 194-206.

Downloads

Publicado

2021-11-29

Edição

Seção

Artigos Científicos