A Revista Gênero/UFF: fazendo “ciências” na militância

Hildete Pereira de Melo

Resumo


A Revista Gênero,1 da Universidade Federal Fluminense, nasceu como caudatária daonda feminista que na década de 1980/1990 espalhou-se pelo Brasil. Este artigo tem comoobjetivo contar esta história, destacando as dificuldades e impasses dos significados diversosque implica “o fazer ciência” e o exercício da militância.


Palavras-chave


Revista Gênero; História; Impasses

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.1590/S0104-026X2013000200012

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 Licença Creative Commons
A Revista Estudos Feministas está sob a licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional

 

Revista Estudos Feministas, ISSN 1806-9584, Florianópolis, Brasil.