Feminismo, psicanálise, gênero: viagens e traduções

Mara Coelho de Souza Lago

Resumo


Este artigo procura discutir as articulações/tensões entre teorias feministas e psicanálise, comentando autoras tradicionalmente conhecidas no campo dos estudos de gênero no Brasil. Considerando a questão da difusão das teorias, através da tradução de textos fundadores e relevantes, detém-se nos acidentes e percalços que invariavelmente ocorrem nas “viagens de teorias”1 para outras línguas, países, continentes, contextos, ressaltando, no entanto, e a despeito deles, a importância da tradução para a difusão e o diálogo das teorias.


Palavras-chave


Teorias; Feminismo; Gênero; Psicanálise

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.1590/S0104-026X2010000100012

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 Licença Creative Commons
A Revista Estudos Feministas está sob a licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional

 

Revista Estudos Feministas, ISSN 1806-9584, Florianópolis, Brasil.