A importância do trabalho do tradutor Derrida para o trabalho do filósofo Derrida

Erica Luciene Lima de Paulo

Resumo


Pretende-se mostrar que a experiência de Jacques Derrida ao traduzir L’Origine de la géométrie, de Edmund Husserl, ao lado de sua preocupação com a tradução de seus próprios textos para outras línguas e dos textos cujas traduções “consagradas” ele utiliza, acabam por determinar e colocar em cena algumas de suas noções filosóficas. Assim, pretende-se mostrar que a maneira como o filósofo lê os textos traduzidos e seus comentários sobre as traduções não são marginais (externos), mas sim elementos primordiais para a lógica textual da desconstrução e manifestam, entre outras noções, o enxerto, o suplemento e o double bind.


Palavras-chave


tradução; desconstrução; Jacques Derrida

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5007/2175-7968.2012v1n29p31



Cadernos de Tradução, Florianópolis, Santa Catarina, Brasil. ISSN 2175-7968.