Uma experiência de planejamento de ensino de tradução:

Autores

  • Bianca Walsh Universidade do Estado do Rio de Janeiro

DOI:

https://doi.org/10.5007/2175-7968.2014v2n34p206

Palavras-chave:

Ensino de tradução, Tarefas de resolução de problemas, Competência, Visada crítica

Resumo

Este trabalho apresenta uma proposta prática de uma disciplina de introdução aos Estudos da Tradução de um curso de graduação de Letras de uma universidade pública do Rio de Janeiro. Busca-se harmonizar uma visão de tradução como atividade complexa de transposição da experiência linguareira com uma visão de ensino que promova múltiplas competências associadas a uma visada critica. A proposta prevê o uso de uma abordagem de ensino com objetivos definidos e orientada por tarefas de resolução de problemas, em conjunto com o trabalho com crenças e a construção de um legado teórico. A meta da proposta é a formação de tradutores competentes e críticos, e capazes de se autorenovarem. Algumas das observações apontam para a promoção de autonomia e criticidade. Mecanismos de desenvolvimento da capacidade da autocritica também são discutidos. 

Biografia do Autor

Bianca Walsh, Universidade do Estado do Rio de Janeiro

Bianca Walsh, formação em Letras Português-Inglês pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Especialização em Língua Portuguesa pelo Liceu Literário Português. Mestrado em Letras pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (Puc-Rio) e Doutorado em Letras pela Universidade Federal Fluminense (UFF). Professora Adjunta de Inglês do Departamento de Anglo-Germânicas da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), Rio de Janeiro, Brasil. E-mail: bcnwalsh@gmail.com 

Downloads

Publicado

2014-12-04

Edição

Seção

Artigos