“Traduttore-traditore”: #sóquenão. A intersemiose como desafio educativo das artes

Biagio D'Angelo

Resumo


Um dos clichês da teoria literária e cultural é o aforismo “traduttore-traditore”. Se bem quem traduz é sempre um traidor, é também verdade que o papel do tradutor e da tradução são operações necessárias. Nesse texto abordaremos a tradução intersemiótica como um desafio educativo das artes. A teoria da tradução, a literatura comparada e a semiótica serão os fundamentos de um axioma que consideramos ontológico: traduzo, então existo.


Palavras-chave


Intersemiose; Teoria da tradução; Texto

Texto completo:

PDF/A

Referências


ABDALA JUNIOR, Benjamin. De vôos e ilhas. São Paulo: Ateliê Editorial, 2003

ALPERS, Svetlana. The Art of Describing. Dutch Art In The Seventeenth Century. Chicago: University Press, 1983.

APTER, Emily. The Translation Zone. Princeton: P. University Press, 2005.

BARTHES, Roland. O rumor da língua. São Paulo: Brasiliense, 1988.

_________. O óbvio e o obtuso. Ensaios críticos III. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1990.

BLOCK DE BEHAR, Lisa. “Contradictorias aventuras y desventuras de la travesía”. In: Revista Brasileira de Literatura Comparada, n. 7, 2005, p. 91-101.

BORGES, Jorge Luis. “Pierre Menard. autor del Quijote”. In: Obras completas. Buenos Aires: Emecé, 1990, p. 444-450.

CAMPOS, Haroldo de. Metalinguagens e outras metas. São Paulo: Perspectivas, 1992.

CARVALHAL, Tânia.O próprio e o alheio. São Leopoldo: Unisinos, 2003

CARVALHAL, Tânia – SÁ REBELLO, Lúcia – CUNHA FERREIRA, Eliana Fernanda. Transcriações. Teoria e práticas. Em memória de Haroldo de Campos. Porto Alegre: Evangraf, 2004.

GUILLÉN, Claudio. Entre lo uno y lo diverso. Introducción a la literatura comparada. Barcelona: Crítica, 1985.

MARIN, Louis. “Ler um quadro: uma carta de Poussin em 1639”. In: CHARTIER, Roger (org.). Práticas da leitura. São Paulo: Estação Liberdade, 1996.

_______. Sublime Poussin. São Paulo: EdUSP, 2000.

MARINO, Adrian. Teoria della letteratura. Bologna: Il Mulino, 1994.

OLIVEIRA, Solange Ribeiro de (org.). Literatura e artes plásticas: o Künstlerroman na ficção contemporânea. Ouro Preto, EdUFOP, 1993.

PADILHA, Laura. “Poesia angolana e remapeamento etno-cultural – trajetos”, in José Luis JOBIM, Lívia Reis, et al. (Orgs.).Sentidos dos lugares. Rio de Janeiro: Ed. UERJ - Abralic, 2005

ROBINSON, Douglas. Translation and Empire. Postcolonial Theories Explained. Manchester: St. Jerome Publishing, 1997.

SAID, Edward. Humanismo e crítica democrática. São Paulo: Companhia das Letras, 2007.




DOI: https://doi.org/10.5007/2175-7968.2016v36n3p158



Cadernos de Tradução, Florianópolis, Santa Catarina, Brasil. ISSN 2175-7968.