Investigando o processo tradutório

Autores

  • Heloísa Gonçalves Barbosa Universidade Federal do Rio de Janeiro
  • Aurora Maria Soares Neiva Universidade Federal do Rio de Janeiro

DOI:

https://doi.org/10.5007/%25x

Resumo

O presente trabalho descreve brevemente a evolução da pesquisa em tradução, abordando o deslocamento de seu foco do produto para o processo, até a adoção da metodologia empírica para acessar os processos mentais desenvolvidos durante o ato tradutório. Traça as origens desta metodologia a partir da psicolingüística voltada para a aprendizagem de línguas até sua aplicação no campo dos estudos da tradução. Finalmente, relata as investigações em curso no âmbito do Projeto PRONIT, que se utilizam de métodos introspectivos, apontando resultados e indicando caminhos a serem seguidos no futuro.

Biografia do Autor

Heloísa Gonçalves Barbosa, Universidade Federal do Rio de Janeiro

Possui graduação em Teoria da Comunicação e Editoração pela Escola de Comunicação da UFRJ (1973), mestrado em Letras Anglo-Germânicas pela Faculdade de Letras da UFRJ (1989) e doutorado em Translation Studies pela Universidade de Warwick, na Grã-Bretanha (1994), como bolsista integral do CNPq. Atualmente, é Professor Associado 1 da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), onde participa do Programa de pós-graduação Interdisciplinar de Lingüística Aplicada. Desenvolve atividades de ensino, pesquisa e extensão na área de Tradução, atuando principalmente nos seguintes temas: teoria da tradução (Estudos da Tradução), literatura comparada, estudos culturais e transculturalidade, literatura brasileira, história da tradução, formação do tradutor e atuação do profissional da tradução (mercado, legislação e normas). Foi presidente do SINTRA (Sindicato Nacional dos Tradutores), duas vezes Coordenadora do GT de Tradução da ANPOLL (Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Letras e Lingüística), é parecerista da CAPES e membro do conselho editorial de várias revistas da área.

Mais informações: Currículo Lattes - CNPq.

Aurora Maria Soares Neiva, Universidade Federal do Rio de Janeiro

Possui graduação em Letras pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1977) e doutorado em Inglês - Northern Illinois University (1995). Atualmente é Professora Associada I da Universidade Federal do Rio de Janeiro. Tem experiência na áreas de Lingüística e Lingüística Aplicada, atuando principalmente nos seguintes temas: desempenho do aprendiz de língua estrangeira no discurso oral, ensino de pronúncia em língua inglesa, processo tradutório.

Mais informações: Currículo Lattes - CNPq.

Downloads

Publicado

1997-01-01

Edição

Seção

Artigos