Formação de professoras e professores de Educação Infantil: por uma Pedagogia da Infância

Viviane Drumond

Resumo


Este artigo discute a formação de professores(as) de Educação Infantil nos cursos de
pedagogia e destaca a docência com crianças pequenas como um campo de conhecimento em
construção, isso implica em assumir compromissos com uma pedagogia centrada na criança e
na experiência infantil. Desse modo, compreende os estágios como espaço privilegiado da
formação, pois favorece a pesquisa, a reflexão e a inovação pedagógica. Além disso, propõe a
arte como um dos fundamentos epistemológicos da pedagogia. O estudo observou a
importância de o curso de Pedagogia rever seu projeto pedagógico curricular, de modo a
construir percursos formativos para professores(as) de creche, pré-escola e anos iniciais do
Ensino Fundamental. Um curso de formação de professores(as) de crianças; uma Pedagogia
da Infância.


Palavras-chave


Docência; Crianças; Estágio; Arte

Texto completo:

PDF/A

Referências


ALBANO, Ana Angélica. Transformar a realidade. Infância na Europa, Portugal, v. 14, p. 23-24, 2008.

ALBANO, Ana Angélica. Prefácio: Com olhos de criança. In: HOLM, Anna Marie. Baby-Art: os primeiros passos com a arte. São Paulo: Museu de Arte Moderna de São Paulo, MAM, 2007. p. 7-8.

BRASIL. Ministério da Educação. Conselho Nacional de Educação. Resolução CNE/CP nº 1, de 15 de maio de 2006. Institui Diretrizes Curriculares Nacionais para o Curso de Graduação em Pedagogia, licenciatura. Brasília: MEC/CNE, 2006.

BARBOSA, Maria Carmem Silveira. Três notas sobre formação inicial e docência na educação infantil. In. CANCIAN, Viviane Ache; GALLINA, Simone Freitas da Silva, WESCHENFELDE. Noeli (Orgs.). Pedagogias das infâncias, crianças e docências na educação infantil. Brasília: Ministério da Educação, Secretaria da Educação Básica, 2016.

BUFALO, Joseane Maria P. Creche: lugar de criança, lugar de infância: um estudo sobre as práticas educativas em um CEMEI de Campinas. 1997. Dissertação (Mestrado) - Faculdade de Educação, Unicamp, Campinas, SP.

BUFALO, Joseane Maria P. Nem só de salários vivem as docentes de creche: em foco as lutas do sindicato dos trabalhadores no serviço público municipal de Campinas (STMC 1988-2001). 179 f. Tese (Doutorado em Educação) - Faculdade de Educação, UNICAMP, Campinas, 2009.

DRUMOND, Viviane. Formação de professores e professoras de educação infantil no curso de pedagogia: estágio e pesquisa. 236f. Tese (Doutorado) – Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Educação, 2014.

FARIA, Ana Lúcia Goulart de. Loris Malaguzzi e os direitos das crianças pequenas. In: OLIVEIRA-FORMOSINHO, Júlia; KISCHIMOTO, Tizuko Morchida; PINAZA, Mônica Appezzato. Pedagogia(s) da Infância: dialogando com o passado, construindo o futuro. Porto Alegre: Artmed, 2007. p. 277-292.

FARIA, Ana Lúcia Goulart de. Políticas de regulação, pesquisa e pedagogia na educação infantil, primeira etapa da educação básica. Educação e Sociedade, Campinas. v. 26, n. 92, p. 1.013-1.038, out. 2005a.

FARIA, Ana Lúcia Goulart de. Sons sem palavras e grafismos sem letras: linguagens, leituras e pedagogia na educação infantil. In: FARIA, Ana Lúcia Goulart de; MELLO, Suely Amaral (Org.). O mundo da escrita no universo da pequena infância. Campinas, SP: Autores Associados, 2005b.

FARIA, Ana Lúcia Goulart de. Apresentação. In: GEPEDISC – Culturas Infantis (Org.) Culturas infantis em creches e pré-escolas: estágio e pesquisa. Campinas, SP: Autores Associados, 2011, p. 13-17.

FARIA, Ana Lúcia Goulart de; RICHTER, Sandra Regina Simonis. Apontamentos pedagógicos sobre o papel da arte na educação da pequena infância: como a pedagogia da educação infantil encontra-se com a arte? In: SMALL SIZE PAPER (Org.) Experiencing art in early years - learning and development processes and artistic language. Bologna: Edizioni Pendragon, 2009. p. 103-25.

FRANCO, Maria Amélia Santoro. Pedagogia como ciência da educação. São Paulo: Cortez, 2008.

FREITAS, Luiz Carlos de. Crítica da organização do trabalho pedagógico e da didática. 305 f. Tese (Livre-Docência) - Faculdade de Educação, Unicamp, Campinas, SP, 1994.

FREITAS, Marcos Cezar. Prefácio: O coletivo infantil: o sentido da forma. In: FARIA, Ana Lúcia Goulart de (Org.). O coletivo infantil em creches e pré-escolas: falares e saberes. São Paulo: Cortez, 2007. p. 7-13.

GATTI, Bernadete A.; BARRETO, Elba Siqueira de Sá (Coord.) Professores do Brasil: impasses e desafios. Brasília: UNESCO, 2009.

GOBBI, Marcia. O fascínio indiscreto: crianças pequenininhas e a criação de desenhos. In: FARIA, Ana Lúcia Goulart de; MELLO, Suely Amaral (Org.). Territórios da infância: linguagens, tempos e relações para uma pedagogia para as crianças pequenas. Araraquara, SP: Junqueira & Marin, 2007. p. 119-136.

GOBBI, Marcia; RICHTER, Sandra. Apresentação – Interlocução possível: arte e ciência na educação da primeira infância. Pro-Posições, Campinas, v. 22, n. 2 (65), p. 15-20, maio/ago. 2011.

HOLM, Anna Marie. A energia criativa natural. Pro-Posições. v. 15, n. 1 (43), p. 83-95, jan./abr. 2004.

KISHIMOTO, Tizuko M. Pedagogia e a formação de professores(as) de educação infantil. Pro-Posições, Campinas, v. 16, n. 3 (48), p. 181-193, set./dez. 2005.

MANTOVANI, Susanna; PERANI, Rita. Uma profissão a ser inventada: o educador da primeira infância. Pro-Posições, Campinas, v. 10, n. 1 (28), p. 75-98, mar. 1999.

ROCHA, Eloísa Acires Candal. A Pedagogia e a Educação Infantil. Revista Brasileira de Educação - Anped, São Paulo, n. 16, p. 27-34, jan./abr. 2001.

ROCHA, E. A. C. A Pesquisa em Educação Infantil no Brasil: trajetória recente e perspectiva de uma consolidação de uma Pedagogia. 262 f. Tese (Doutorado em Educação)–Faculdade de Educação, Universidade Estadual de Campinas: UNICAMP, 1999.

RUSSO, Danilo. De como ser professor sem dar aulas na escola da infância. In: FARIA, Ana Lúcia G. (Org.) O coletivo infantil em creches e pré-escolas: falares e saberes. São Paulo: Cortez, 2007. p. 67-93.

SPAGGIARI, Sergio. Considerações críticas e experiências de gestão social. In: BONDIOLI, Anna; MANTOVANI, Susanna. Manual de educação infantil de 0 a 3 anos. 9. ed. Porto Alegre: Artes Médicas, 1998. p. 161-172.

SILVA, Anamaria Santana da. O curso de Pedagogia e a formação para a educação infantil. Pro-Posições, Campinas, v. 16, n. 2 (47), p. 159-175, maio/ago. 2005.




DOI: https://doi.org/10.5007/1980-4512.2018v20n38p288

Zero-a-Seis, ISSN 1980-4512 Florianópolis, Brasil.