A brincadeira narrativa como eixo do trabalho docente: inspirações a partir de Vivian Paley

Gilka Elvira Ponzi Girardello, Roberta Consiglio de Souza

Resumo


O artigo tem como ponto de partida o livro “The boy who would be a helicopter” (1991), da educadora estadunidense Vivian Gussin Paley, cujo foco é a importância das histórias, da imaginação e da brincadeira de faz de conta nas vidas das crianças, especialmente no contexto da educação infantil. O objetivo do trabalho é refletir sobre possíveis contribuições dessa obra para a prática docente em instituições de Educação Infantil, bem como inspirações metodológicas para quem trabalha com crianças de forma mais geral. Uma vez que o livro de Paley, apesar de reconhecido como um clássico pedagógico contemporâneo e muito celebrado em outros contextos, é pouco conhecido no Brasil, o artigo busca aproximá-lo da discussão educacional em nosso país, estabelecendo um diálogo entre suas principais ideias e as de autoras brasileiras que compartilham preocupações similares, como Freire, Kishimoto e Warschauer. Foi realizada uma análise de conteúdo e uma discussão teórica a partir das categorias “observação e registro”, e “brincadeira narrativa”. Fazem parte do texto traduções para o português de passagens do livro original em inglês, produzidas no contexto da pesquisa de pós-graduação em que o artigo se baseia. Como conclusão, seguindo a inspiração da obra de Vivian Paley, o estudo reforça o quanto a criação autoral de histórias e a brincadeira de faz de conta fundamentam aprendizagens significativas, tanto para crianças quanto para os adultos que convivem com elas ou que estudam a infância.

 


Palavras-chave


Histórias; Brincadeira; Crianças; Vivian Gussin Paley

Texto completo:

PDF/A

Referências


BARDIN, Laurence. Análise de conteúdo. Tradução de Luís Antero Reto e Augusto Pinheiro. São Paulo: Edições 70, 2011.

BRUNER, Jerome. A Cultura da Educação. Tradução de Marcos Domingues. Porto Alegre, Artmed, 2001.

COOPER, Patricia M. Literacy learning and pedagogical purpose in Vivian Paley’s ‘storytelling curriculum’. Journal Of Early Childhood Literacy, [s.l.], v. 5, n. 3, p.229-251, dez. 2005. SAGE Publications. http://dx.doi.org/10.1177/1468798405058686. Acesso em: 15 ago. de 2017

CORSARO, William A. Sociologia da Infância. 2 ed. Porto Alegre: Artmed, 2011.

DEWEY, John. Experiência e Educação. Tradução de Anísio Teixeira. São Paulo: Companhia Editora Nacional, 1971.

EGAN, Kieran. The Educated Mind. Chicago: The University of Chicago Press, 1997.

ENGEL, Susan. The stories children tell: making sense of the narratives of childhood. New York: W.H. Freeman, 2000.

FREIRE, Madalena. A Paixão de conhecer o mundo: relato de uma professora. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2001.

FREIRE, Madalena. Observação, Registro, Reflexão. Série Seminários: Instrumentos Metodológicos I. PND Produções Gráficas Ltda. 1996.

GIRARDELLO, Gilka. A imaginação infantil e a educação dos sentidos. In: LENZI, Lúcia Helena Correa; DA ROS, Sílvia Z.; SOUZA, Ana Maria A.; GONÇAVES, Marise M. (orgs.): Imagem: intervenção e pesquisa. Florianópolis: Editora da UFSC: NUP/CED/UFSC, 2006.

GIRARDELLO, Gilka. Uma clareira no bosque: contar histórias na escola. Campinas: Papirus, 2014.

KISHIMOTO, Tizuko Morchida. Brinquedos e Brincadeiras na Educação Infantil. In: I Seminário Nacional: Currículo em Movimento – perspectivas atuais, Belo Horizonte. Anais 2010.

PALEY, Vivian Gussin. The importance of fantasy, fairness and friendship in children’s play. American Journal of Play. 2009. p. 121-138. Disponível em: http://www.journalofplay.org/issues/2/2/interview/importance-fantasy-fairness-and-friendship-children’s-play-interview-vivian. Acesso em: 06 out. de 2016.

PALEY, Vivian Gussin. You can’t say you can’t play. Harvard University Press. United States of America. Cambridge Massachusetts, and London, England. 1992.

PALEY, Vivian Gussin. The boy who would be a helicopter: the uses of storytelling in the classroom. Cambridge Massachusetts: Harvard University Press, 1991.

PALEY, Vivian Gussin. On listening to what the children say. Harvard Educational Review, vol.56, nº2, 1986.

RUD, Anthony G.. Use & Abuse of Socrates in Teaching. Education Policy Analysis Archives, [s.l.], v. 5, p.20-30, 24 nov. 1997. Education Policy Analysis Archives. Disponível em: http://dx.doi.org/10.14507/epaa.v5n20.1997. Acesso em: 08 mar. de 2018.

SEELYE, Katharine Q.: Vivian Paley, Educator Who Promoted Storytelling, Dies at 90. The New York Times, 10 de Agosto, 2019.

SOUZA, Roberta Consiglio de. Brincando com Histórias: um estudo sobre Vivian Gussin Paley e seu “menino helicóptero. Dissertação de Mestrado em Educação. Universidade Federal de Santa Catarina, 2018.

WARSCHAUER, Cecília. A roda e o registro: uma parceria entre professor, alunos e conhecimento. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1993.




DOI: https://doi.org/10.5007/1980-4512.2020v22n41p31

Zero-a-Seis, ISSN 1980-4512 Florianópolis, Brasil.