Pedagogia intercultural: discussões teóricas e metodológicas presentes na Itália

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5007/1980-4512.2021.e70841

Palavras-chave:

Pedagogia intercultural, Didática, Migrações

Resumo

O livro Teorie e metodi di pedagogia interculturale, da Mariangela Giusti, voltado principalmente para professores e professoras da educação básica e estudante em formação em nível de graduação, sendo um “manual” de como construir uma educação intercultural e os pontos relevantes ao processo. Por meio da leitura do livro, a autora nos alerta sobre o distanciamento entre a relação da prática e da teoria, por isso, apresenta caminhos metodológicos e didático-educacionais, que oferecem alimento para pensarmos sobre o movimento do conceito de interculturalidade.

Biografia do Autor

Flavio Santiago, UNICAMP

Pedagogo (UFSCAR, 2011), licenciando em Geografia (FU), especialista em Administração Escolar, Supervisão e Orientação (UNIMAIS, 2021), mestre em Educação pela Universidade Estadual de Campinas (2014) e doutor em Educação pela Universidade Estadual de Campinas (2019), durante o doutoramento realizou estágio na Università degli Studi di Milano- Bicocca. Atualmente é pós-doutorando da Universidade de São Paulo junto ao Departamento de Metodologia do Ensino e Educação Comparada da Faculdade de Educação - USP. Atualmente também é tutor a distância do Instituto Federal de Pernambuco, no curso de pós-graduação lato sensu em Docência para Educação Profissional e Tecnológica. Pesquisa sobre: pedagogia da infância, relações raciais e de gênero, migrações internacionais e educação das relações étnico-raciais na educação básica.

Referências

GIUSTI, Mariangela. Teorie e metodi di pedagogia interculturale. Bari-Roma: Editori Laterza, 2017.

WALSH, Catherine. Interculturalidad Crítica/Pedagogia decolonial. In: Memórias del Seminário Internacional "Diversidad, Interculturalidad y Construcción de Ciudad", Bogotá: Universidad Pedagógica Nacional 17-19 de abril de 2007.

Downloads

Publicado

2021-03-12