Histórias em quadrinhos e o ensino de biologia: o caso Níquel Náusea no ensino da teoria evolutiva

Edson Pereira da Silva, Alan Bonner da Silva Costa

Resumo


As histórias em quadrinhos (HQs) são mídias de grande influência na sociedade moderna. Contudo, o uso pedagógico deste material é polêmico. Nas HQ’s nacionais temos um caso interessante para o ensino de Biologia que é o da revista Níquel Náusea. Nas páginas desta revista estão presentes vários temas de interesse biológico como, por exemplo, evolução biológica, genética e criacionismo. Humor, ironia e sarcasmo são características marcantes desta revista que se enquadra na vertente underground dos quadrinhos nacionais. Neste trabalho são discutidos os usos didáticos potenciais das tiras da Níquel Náusea no ensino de um conteúdo escolar com fortes implicações sociais: a teoria da evolução biológica. A partir do referencial teórico da análise de conteúdo, os conceitos e concepções sobre a teoria evolutiva presentes nas tiras desta revista são classificados. Também são apontados possíveis direcionamentos para os usos de histórias em quadrinhos em sala de aula.


Palavras-chave


quadrinhos; mídia; teoria evolutiva; ferramentas didáticas; ensino de ciências

Texto completo:

PDF/A


DOI: https://doi.org/10.5007/1982-5153.2015v8n2p163

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Alexandria: R. Educ. Ci. Tec., Florianópolis, Santa Catarina, Brasil. ISSN 1982-5153

Licença Creative Commons

Está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.