Educação CTS e Educação Ambiental: ações na formação de professores

Roseline Beatriz Strieder, Graciella Watanabe, Karolina Martins Almeida e Silva, Giselle Watanabe

Resumo


Neste artigo são traçadas reflexões sobre a formação de professores de ciências no âmbito da Educação Ciência-Tecnologia-Sociedade (ECTS) e da Educação Ambiental (EA). Por um lado, a partir da análise da produção sobre ECTS e EA, discutem-se ações voltadas à formação de professores no que se refere tanto à natureza e contexto de desenvolvimento das mesmas, quanto aos elementos e/ou recomendações que têm sido enfatizados por pesquisadores. Por outro lado, são apresentados exemplos de propostas em desenvolvimento no contexto do Ensino de Ciências, em três universidades brasileiras: Universidade de Brasília (UnB), na Universidade Federal do ABC (UFABC) e na Universidade Federal do Tocantins - campus Universitário de Araguaína (UFT-Araguaína). À medida que são traçadas considerações sobre esses dois universos, da pesquisa e das universidades, discutem-se elementos para a formação de professores preocupados com o exercício crítico para a cidadania.


Palavras-chave


Educação científica; CTS; Educação ambiental; Formação de professores

Texto completo:

PDF/A


DOI: https://doi.org/10.5007/1982-5153.2016v9n1p57

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Alexandria: R. Educ. Ci. Tec., Florianópolis, Santa Catarina, Brasil. ISSN 1982-5153

Licença Creative Commons

Está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.