Geometria do Táxi: resolvendo problemas de rotina

José Carlos Pinto Leivas

Resumo


Neste artigo, apresentamos resultados de uma pesquisa qualitativa, realizada no primeiro semestre do ano de 2014, numa disciplina de Geometria, que teve como objetivo responder ao questionamento: como estudantes de um mestrado profissionalizante em ensino de Matemática utilizam recursos didáticos e tecnológicos para resolver problemas envolvendo Geometria do Táxi? A partir de atividade inicial de localização de pontos e construção de conhecimentos sobre a métrica do táxi ou dos catetos, foram propostas situações-problema reais distintas a cada aluno, para que resolvessem durante certo período e as reunissem em um seminário com a turma toda. Durante a realização desse, foram retomadas algumas soluções e chegamos à formalização dos conceitos de ponto médio e mediatriz na Geometria do Táxi e respectiva comparação com os mesmos conceitos na Geometria Euclidiana. As representações dos estudantes, em papel milimetrado e quadriculado, e o auxílio do software GeoGebra, na resolução da sequência de situações-problema, permitiram concluir que tais conceitos foram adquiridos e aplicados de forma satisfatória.


Palavras-chave


Geometria do Táxi; Situações-problema; Ponto médio; Mediatriz

Texto completo:

PDF/A


DOI: http://dx.doi.org/10.5007/1982-5153.2016v9n2p177

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Alexandria: R. Educ. Ci. Tec., Florianópolis, Santa Catarina, Brasil. ISSN 1982-5153

Licença Creative Commons

Está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.