Geometria do Táxi: resolvendo problemas de rotina

José Carlos Pinto Leivas

Resumo


http://dx.doi.org/10.5007/1982-5153.2016v9n2p177

Neste artigo, apresentamos resultados de uma pesquisa qualitativa, realizada no primeiro semestre do ano de 2014, numa disciplina de Geometria, que teve como objetivo responder ao questionamento: como estudantes de um mestrado profissionalizante em ensino de Matemática utilizam recursos didáticos e tecnológicos para resolver problemas envolvendo Geometria do Táxi? A partir de atividade inicial de localização de pontos e construção de conhecimentos sobre a métrica do táxi ou dos catetos, foram propostas situações-problema reais distintas a cada aluno, para que resolvessem durante certo período e as reunissem em um seminário com a turma toda. Durante a realização desse, foram retomadas algumas soluções e chegamos à formalização dos conceitos de ponto médio e mediatriz na Geometria do Táxi e respectiva comparação com os mesmos conceitos na Geometria Euclidiana. As representações dos estudantes, em papel milimetrado e quadriculado, e o auxílio do software GeoGebra, na resolução da sequência de situações-problema, permitiram concluir que tais conceitos foram adquiridos e aplicados de forma satisfatória.


Palavras-chave


Geometria do Táxi; Situações-problema; Ponto médio; Mediatriz

Texto completo:

PDF/A

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Alexandria: R. Educ. Ci. Tec., Florianópolis, Santa Catarina, Brasil. ISSN 1982-5153

Licença Creative Commons

Está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.