História da ciência através do cinema: dispositivo pedagógico na formação de professores de ciências

Autores

  • Silvia Nogueira Chaves Universidade Federal do Pará – UFPA, Instituto de Educação Matemática e Científica – IEMCI.

Palavras-chave:

História da ciência, Formação docente, Mídia, Cinema

Resumo

O texto discute a utilização da história da ciência veiculada pela mídia cinematográfica na formação de professores de ciências. A utilização da história cinematográfica da ciência como foco de debate decorre do pressuposto de que em uma sociedade marcada pela proliferação e disseminação de uma cultura da imagem os espaços de mídia constituem-se lugares de formação tanto quanto a escola, família e instituições religiosas. A análise da produção midiática objetiva por em suspeição os lugares sociais da ciência instituídos pelas narrativas cinematográficas. O que esses aparatos discursivos produzem? Que modos de ver/ser cientistas fabricam? Que conhecimentos sancionam/interditam? Que regimes de verdades instituem? Como prática formativa tal abordagem não tem como finalidade provocar adesão a essa ou aquela concepção de ciência, mas discutir os efeitos sociais da assunção desta/daquela verdade. Isso é particularmente importante na formação docente, já que parte significativa da formação científica das novas gerações estará sob suas responsabilidades.

Biografia do Autor

Silvia Nogueira Chaves, Universidade Federal do Pará – UFPA, Instituto de Educação Matemática e Científica – IEMCI.

Graduada em Licenciatura Plena em Ciências Biológicas pela Universidade Federal do Pará, Mestre e Doutora em Educação pela Universidade Estadual de Campinas. Coordena o Grupo de Estudos e Pesquisa sobre Cultura e Subjetividade na Educação em Ciências (GEPCS); do Programa de Pós-Graduação em Educação em Ciências e Matemáticas da Universidade Federal do Pará, no qual é docente.

Downloads

Publicado

2012-09-01

Edição

Seção

Artigos