Enfocando a formação de professores de ciências no Timor-Leste

Suzani Cassiani, Irlan Von Linsingen, Graziela Lunardi

Resumo


O presente trabalho tem como base, pesquisas desenvolvidas no âmbito do Programa de Qualificação de Docentes e Língua Portuguesa (PQLP), vinculado a um acordo de cooperação internacional entre o Brasil e o Timor-Leste, o qual intenciona tanto fortalecer a língua portuguesa naquele país, quanto contribuir para a formação emergencial acadêmica de docentes. Desde 2005, a CAPES envia missões compostas por 50 educadores brasileiros ao Timor-Leste, envolvidos nos diferentes projetos de formação de professores da escola básica. Desde 2009, a UFSC é coordenadora acadêmica do PQLP. Nesse artigo, investigamos alguns problemas relacionados às condições de produção do programa e também propostas pedagógicas baseadas na educação CTS na formação de professores de ciências. Nesse sentido, esse estudo se inspira nos aportes teóricos e metodológicos da educação CTS latino-americana e na Análise de Discurso da linha francesa. Para além do levantamento de problemas, apontamos alguns caminhos para uma proposta pedagógica progressista, crítica, pensando na formação de professores sintonizados com as realidades socioculturais timorenses, envolvendo-o com o processo de construção de temas geradores em perspectiva freireana. Essa experiência de vivência com os professores timorenses possibilitou identificar alguns eixos temáticos que podem ser desenvolvidos nessa perspectiva de educação CTS. 


Palavras-chave


Formação de professores; Timor-Leste; Educação em Ciências

Texto completo:

PDF/A

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Alexandria: R. Educ. Ci. Tec., Florianópolis, Santa Catarina, Brasil. ISSN 1982-5153

Licença Creative Commons

Está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.