Educação científica na mídia impressa brasileira: avaliação da divulgação de biologia celular em jornais e revistas selecionados

Ana Paula Legey, Cláudia Jurberg, Cláudia M. L. M. Coutinho

Resumo


É indiscutível o recente desenvolvimento das pesquisas na área de Biologia Celular e seus impactos para a sociedade. O presente trabalho analisou dois jornais diários e três revistas semanais de grande circulação, entre setembro de 2004 e julho de 2005, a fim de avaliar a qualidade da divulgação promovida no Brasil na área de Biologia Celular. As reportagens foram categorizadas e analisadas quantitativa e qualitativamente. Os resultados apontam: relevante massa de informação, mas com perfil heterogêneo quanto à importância dada pela mídia impressa à área, a julgar pela discrepância de temas e número de matérias veiculadas pelos jornais e revistas analisados; abordagem majoritariamente científica das matérias, seguida por abordagens política, legal, ética, religiosa e, finalmente, econômica; carência de citação de fontes das informações veiculadas e, em casos excepcionais, referência unicamente a periódicos científicos internacionais; angulação positiva na maioria das notícias.


Palavras-chave


Biologia celular; Célula; Divulgação científica; Jornalismo científico; Sociedade

Texto completo:

PDF/A

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Alexandria: R. Educ. Ci. Tec., Florianópolis, Santa Catarina, Brasil. ISSN 1982-5153

Licença Creative Commons

Está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.