Construção dos conceitos científicos em aulas de ciências: a teoria histórico-cultural do desenvolvimento como referencial para análise de um processo de ensino sobre sexualidade humana

Autores

  • Edson Schroeder Departamento de Educação, Universidade Regional de Blumenau (FURB).
  • Nadir Ferrari Núcleo de Estudos em Genética, Biologia e Ciências/Centro de Ciências Biológicas e PPGECT/UFSC.
  • Sylvia Regina Pedrosa Maestrelli Núcleo de Estudos em Genética, Biologia e Ciências/Centro de Ciências Biológicas e PPGECT/UFSC

Palavras-chave:

Construção de conceitos científicos, Ensino de ciências, Ensino sobre sexualidade humana, Análise microgenética, Vygotsky

Resumo

O objetivo da investigação foi conhecer como um processo de ensino promove construções conceituais no estudo da Sexualidade Humana em uma situação que envolveu trinta e quatro estudantes da sétima série e sua professora de Ciências. Com o olhar voltado para a ZDP dos estudantes, relacionaram-se três parâmetros para compreender, na dinâmica das aulas, a emergência dos processos de significação: os conteúdos priorizados pela professora, as interações discursivas e os amplificadores culturais utilizados. O pensamento histórico-cultural de Vygotsky foi aporte teórico utilizado para as reflexões, entendendo que os sujeitos modificam de forma ativa as forças ativas que os transformam. A análise microgenética foi a abordagem metodológica definida para se estudar os mecanismos associados à aprendizagem e os movimentos de construção conceitual sob supervisão docente. Os resultados mostram que muitos estudantes conseguiram estabelecer uma unidade entre a linguagem, pensamento e
ação, possibilitando a utilização dos conceitos como instrumentos de operações qualitativamente superiores. 

Biografia do Autor

Edson Schroeder, Departamento de Educação, Universidade Regional de Blumenau (FURB).

Possui mestrado em Educação pela Fundação Universidade Regional de Blumenau (1993) e doutorado em Educação Cientifica e Tecnológica pela Universidade Federal de Santa
Catarina (2008). Atualmente é professor pesquisador do quadro - concursado da Fundação Universidade Regional de Blumenau.

Nadir Ferrari, Núcleo de Estudos em Genética, Biologia e Ciências/Centro de Ciências Biológicas e PPGECT/UFSC.

possui graduação em Farmácia e Bioquímica pela Universidade Estadual de Londrina (1973), mestrado em Genética pela Universidade Federal do Paraná (1977) e doutorado em Genética Humana pela Oxford University (1984). Aposentada da Universidade Federal de Santa Catarina continua a colaborar com o Programa de Pós-Graduação em Educação Científica e Tecnológica, onde é
co-editora do periódico Alexandria - Revista de Educação em Ciência e Tecnologia.

Sylvia Regina Pedrosa Maestrelli, Núcleo de Estudos em Genética, Biologia e Ciências/Centro de Ciências Biológicas e PPGECT/UFSC

Possui graduação em Ciências Biológicas, modalidade
Bacharelado, pela Universidade de São Paulo (1981), Licenciatura em Ciências (ensino fundamental) pela
Universidade de São Paulo (1980), Licenciatura em Ciências Biológicas (ensino médio) pela Universidade de São Paulo (1980), mestrado em Ciências Biológicas (Genética Humana e Médica) pela Universidade de São Paulo (1988) e doutorado em Ciências (Genética Humana e Médica) pela
Universidade de São Paulo (1992). Atualmente é professora Associada I da Universidade Federal de Santa Catarina.

Downloads

Publicado

2010-05-01

Edição

Seção

Artigos