Teoria dos Jogos: o estado da arte em pesquisas no contexto educacional brasileiro

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5007/1982-5153.2021.e74069

Palavras-chave:

Educação básica, Ensino fundamental, Ensino médio, Ensino superior

Resumo

Este artigo tem por objetivo constituir um panorama atual dos trabalhos, envolvendo Teoria dos Jogos (TJ), no contexto educacional brasileiro. Para isso, foi elaborada uma pesquisa do tipo Estado da Arte, envolvendo um extenso levantamento bibliográfico, de artigos e trabalhos de conclusão de curso, em revistas científicas, bases indexadoras de artigos e bibliotecas virtuais de todas as universidades públicas brasileiras, contidas no e-MEC (2016). Encontrados 31 trabalhos, posteriormente foram lidos, analisados e categorizados, em prioridade dos que propõem ou efetuam uma intervenção em sala de aula. Destaca-se que essas pesquisas formam um conjunto consistente, incluindo história, fundamentos e problemas da TJ para sala de aula; além disso, transcendem o espaço pedagógico, como por exemplo, na gestão escolar. Observa-se também a intenção de incluir a TJ no currículo da Educação Básica (EB), direta ou indiretamente, devido à sua importância para o desenvolvimento de habilidades preconizadas em documentos oficiais para a EB.

Biografia do Autor

Wellinton Angi Valin de Souza

Possui graduação em Ciências Naturais e Matemática - Física, Licenciatura pela Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), Câmpus Universitário de Sinop.

Mazílio Coronel Malavazi, Universidade Federal de Mato Grosso, Câmpus Universitário de Sinop

Possui graduação em Licenciatura em Matemática (2004) e Licenciatura em Computação (2005) pela Universidade do Estado de Mato Grosso, mestrado (2007) e doutorado (2013) em Matemática pela Universidade Estadual de Campinas. Atualmente é professor na Universidade Federal de Mato Grosso, Câmpus de Sinop e colaborador no Programa de Mestrado Profissional em Ensino de Ciências da Natureza e Matemática (PPGECM/ICNHS/UFMT/Sinop).

op).

Referências

ABREU, J. F. F. Jogos Quânticos a partir de Hamiltonianos Biofísicos e um critério de otimização sub-neuronal da informação. Tese de Doutorado em Modelagem Computacional - Laboratório Nacional de Computação Científica LNCC, Petrópolis, 2005. Disponível em: http://www.dominiopublico.gov.br/pesquisa/DetalheObraForm.do?select_action=&co_obra=34465. Último acesso em: 29 ago. 2020.

ABREU, L. C. M. Mecanismos de seleção de Gale-Shapley dinâmicos em universidades brasileiras: SISU, SISUα e SISUβ. Dissertação de Mestrado em Economia – Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2013. Disponível em: http://www.repositorio.ufc.br/bitstream/riufc/5453/1/2013_dissert_lcmabreu.pdf. Último acesso em: 29 ago. 2020.

ALENCAR, A. I. A cooperação em crianças da rede pública de Natal/RN – Uma abordagem evolucionista. Tese de Doutorado em Psicobiologia – Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2008. Disponível em: http://www.dominiopublico.gov.br/download/texto/cp068986.pdf. Último acesso em: 29 ago. 2020.

ALENCAR, A. I. Boas e más razões para cooperar do ponto de vista de crianças – uma análise evolucionista. Estudos de psicologia, v. 15, n. 1, p. 89-96, 2010. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-294X2010000100012. Último acesso em: 29 ago. 2020.

ALMEIDA, T. L. Uma experiência alternativa em avaliação. Revista de Ensino de Engenharia, v. 26, n. 2, p. 35-39, 2007. Disponível em: http://revista.educacao.ws/revista/index.php/abenge/article/view/53/35. Último acesso em: 29 ago. 2020.

BARRICHELO, F. Estratégias de decisão: decida melhor com insights da Teoria dos Jogos. São Paulo, 2017. Disponível em: http://estrategiasdedecisao.com/livro-pdf/. Último acesso em: 29 ago. 2020.

BRASIL. Ministério da Educação. Secretaria da Educação Básica. Base Nacional Comum Curricular. Brasília, 2018. Disponível em: http://basenacionalcomum.mec.gov.br/images/BNCC_EI_EF_110518_versaofinal_site.pdf. Último acesso em: 29 ago. 2020.

BUENO, J. F.; PERRELA, F. A Teoria dos Jogos como Elemento Motivador no Ensino de Matrizes no Ensino Médio. In: VII EPEM MATEMÁTICA NA ESCOLA: conteúdos e contextos, 7., 2004, São Paulo. Anais do VII EPEM. São Paulo, 2004. Disponível em: https://miltonborba.org/CD/Interdisciplinaridade/Anais_VII_EPEM/p.html. Último acesso em: 29 ago. 2020.

CALEIRO, A. B. A propósito do futuro das instituições de Ensino Superior. Revista Argumentos, v. 14, n. 2, p. 144-156, 2017. Disponível em: https://testeprod.unimontes.br/argumentos/article/viewFile/553/461. Último acesso em: 29 ago. 2020.

CARREIRO, E. L. P.; OLIVEIRA, M. A. Análise da implementação de um programa vivencial em gestão de projetos em cursos universitários. Revista de Gestão e Projetos, v. 9, n. 2, p. 45-64, 2018. Disponível em: https://periodicos.uninove.br/index.php?journal=gep&page=article&op=view&path%5B%5D=10648. Último acesso em: 29 ago. 2020.

CARVALHO, A. M. P.; GIL-PÉREZ, D. Formação de professores de ciências: tendência e inovações. 10. ed. São Paulo: Cortez, 2011.

CARVALHO, R. M. Teoria dos Jogos: a aplicação da teoria como ferramenta estratégica para tomada de decisões em instituições de Ensino. Dissertação de Mestrado Profissional em Administração – Faculdades Integradas de Pedro Leopoldo, Pedro Leopoldo, 2008. Disponível em: https://fpl.edu.br/2018/media/pdfs/mestrado/dissertacoes_2008/dissertacao_roger_maia_2008.pdf. Último acesso em: 29 ago. 2020.

CLEBSCH, A. B. Abordagem do tema epistemologia na formação de professores de física. In: X ENPEC: ENCONTRO NACIONAL DE PESQUISA EM EDUCAÇÃO EM CIÊNCIAS, 10., 2015, Águas de Lindóia. Anais :: X ENPEC. Águas de Lindóia, p. 1-8, 2015. Disponível em: http://www.abrapecnet.org.br/enpec/x-enpec/anais2015/resumos/R0422-1.PDF. Último acesso em: 29 ago. 2020.

COSTA, J. S. L. NIM: uma introdução a Teoria dos Jogos Combinatórios. Dissertação de Mestrado Profissional em Matemática em Rede Nacional – Universidade Estadual de Feira de Santana, Feira de Santana, 2016. Disponível em: http://profmat.uefs.br/arquivos/File/JOSEANE_SOUSA_LIMA_COSTA.pdf. Último acesso em: 29 ago. 2020.

DAMASIO, F.; PEDUZZI, L. O. Q. História e Filosofia da Ciência na Educação Científica: Para quê? Ensaio: Pesquisa em Educação em Ciências, v. 19, n. 1, p. e2583, 2017. Disponível em: https://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1983-21172017000100203&lng=pt&tlng=pt. Último acesso em: 29 ago. 2020.

DODÓ, A. A. Aplicação da Teoria dos Jogos na resolução do problema de alocação de professores em disciplinas. Trabalho de Conclusão de Curso em Sistemas de Informação – Universidade Federal do Ceará, Quixadá, 2011. Disponível em: http://www.repositoriobib.ufc.br/000012/00001267.pdf. Último acesso em: 29 ago. 2020.

DRI, C. F.; PAGLIARI, G. C.; LEITE, I. C.; ARIENTI, P. F. F. Experiências alternativas de Ensino em Relações Internacionais: experiências de simulações e contato com atores sociais locais desenvolvidas com graduandos da Universidade Federal de Santa Catarina. Meridiano 47 – Journal of Global Studies, v. 18, n. 1, p. 1-17 (e18013), 2017. Disponível em: http://periodicos.unb.br/index.php/MED/article/view/5308/4826. Último acesso em: 29 ago. 2020.

e-MEC. Lista das Instituições de Ensino Superior no cadastro e-MEC. Acesso à Informação – Ministério da Educação. 2016. Disponível em: http://www.consultaesic.cgu.gov.br/busca/dados/Lists/Pedido/Attachments/513023/RESPOSTA_PEDIDO_ANEXO%20RESPOSTA%20DAIANE%20-%20Lista_das_Instituies_de_Ensino_Superior_no_cadastro_e-MEC_13-10-2016.xlsx. Último acesso em: 19 maio 2020.

FELICIANO, L. P. S. Teoria dos Jogos: uma nova proposta para o Ensino Médio. Dissertação de Mestrado Profissional em Educação Matemática – Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2007. Disponível em: https://sapientia.pucsp.br/bitstream/handle/11249/1/Lea%20Paz%20da%20Silva%20Feliciano.pdf. Último acesso em: 29 ago. 2020.

FERNANDES, G. A. A. L. O problema das matrículas escolares: uma discussão sobre a melhoria das regras utilizadas em São Paulo. RAP – Revista de Administração Pública, v. 52, n. 4, p. 740-752, 2018. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/rap/v52n4/1982-3134-rap-52-04-740.pdf. Último acesso em: 29 ago. 2020.

FERNANDES, G. A. A. L. O sistema de matrícula escolar de São Paulo: uma abordagem à luz da Teoria dos Jogos. Dissertação de Mestrado em Economia – Universidade de São Paulo, São Paulo, 2007. Disponível em: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/12/12138/tde-05062008-110249/publico/Gustavo_Andrey.pdf. Último acesso em: 29 ago. 2020.

FERREIRA, N. S. A. As Pesquisas Denominadas “Estado da Arte”. Educação & Sociedade, v. 79, n. 23, p. 257-272, 2002. Disponível em: https://www.scielo.br/pdf/es/v23n79/10857.pdf. Último acesso em: 29 ago. 2020.

FIANI, R. Teoria dos Jogos: para cursos de administração e economia. 2. ed. Rio de Janeiro: Elsevier, 2006.

FRANÇA, L. S. Oficinas de matemática experimental: Teoria dos Jogos e a batalha dos trezentos. Dissertação de Mestrado Profissional em Matemática em Rede Nacional – Universidade Estadual de Santa Cruz, Ilhéus, 2018. Disponível em: https://sca.profmat-sbm.org.br/sca_v2/get_tcc3.php?id=160110127. Último acesso em: 29 ago. 2020.

GONÇALVES, A. T.; JUNIOR, M. R. S.; ALMEIDA, W. R. Teoria dos Jogos: relato de uma experiência no Ensino Fundamental. Educação Matemática em Revista, v. 23, n. 59, p. 115-125, 2018. Disponível em: http://sbem.iuri0094.hospedagemdesites.ws/revista/index.php/emr/article/view/976. Último acesso em: 29 ago. 2020.

GONTIJO, M. F. Uma aplicação da Teoria dos Jogos ao mercado do vestibular brasileiro. Dissertação de Mestrado em Economia – Universidade de São Paulo, São Paulo, 2008. Disponível em: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/12/12138/tde-07102008-143516/publico/Marina_Gontijo.pdf. Último acesso em: 29 ago. 2020.

KASPER, F. A. A. Teoria dos Jogos: uma proposta para o Ensino Médio. Ensino da Matemática em Debate, v. 3, n. 2, p. 48-73, 2016. Disponível em: https://revistas.pucsp.br/index.php/emd/article/view/31640/22032. Último acesso em: 29 ago. 2020.

KEMP, E.; OLIVEIRA, S. R.; NEHRING, M.; MESQUIARI, L. A. O Dilema do Prisioneiro. Série Matemática na Escola: Unicamp, 2011. Disponível em: http://m3.ime.unicamp.br/recursos/1089. Último acesso em: 29 ago. 2020.

LAGRECA, R. R. A Teoria dos Jogos no aprendizado da matemática. Trabalho de Conclusão de Curso de Licenciatura em Matemática – Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2014. Disponível em: http://catalogo-redesirius.uerj.br/sophia_web/index.asp?codigo_sophia=224286. Último acesso em: 29 ago. 2020.

MARINHO, R. Prática na teoria: Aplicações da Teoria dos Jogos e da Evolução aos Negócios. 2. ed. São Paulo: Saraiva, 2011.

MARQUES, T. A. L. Contextualizando a matemática, ideias para a aplicação da Teoria dos Jogos no Ensino Médio. Trabalho de Conclusão de Curso de Licenciatura em Matemática – Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2010. Disponível em: http://catalogo-redesirius.uerj.br/sophia_web/index.asp?codigo_sophia=163030. Último acesso em: 29 ago. 2020.

NASCIMENTO, T. O. Teoria dos Jogos e a Matemática no Ensino Médio: Introdução ao equilíbrio de Nash. Dissertação de Mestrado Profissional em Matemática – Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2014. Disponível em: https://sca.profmat-sbm.org.br/sca_v2/get_tcc3.php?id=1466. Último acesso em: 29 ago. 2020.

OLIVEIRA, R. A.; SILVA, A. P. B. História da Ciência e Ensino de Física: uma análise meta-historiográfica. In: PEDUZZI, L. O. Q.; MARTINS, A. F. P.; FERREIRA, J. M. H. (Org.) Temas de História e Filosofia da Ciência no Ensino. Natal: EDUFRN, 2012, p. 41-64. Disponível em: http://ppgect.ufsc.br/files/2012/11/Temas-de-Historia-e-Filosofia-da-Ciencia-no-Ensino1.pdf. Último acesso em: 29 ago. 2020.

PAGANUCCI, T. C. Proposta de aplicações de Teoria dos Jogos no Ensino Médio. Dissertação de Mestrado Profissional em Matemática em Rede Nacional – Universidade Federal do Triângulo Mineiro, Uberaba, 2018. Disponível em: https://sca.profmat-sbm.org.br/sca_v2/get_tcc3.php?id=150430374. Último acesso em: 29 ago. 2020.

PEREIRA, E. F. M. Teoria dos Jogos com aplicações no Ensino Médio. Dissertação de Mestrado Profissional em Matemática – Universidade Federal do ABC, Santo André, 2014. Disponível em: https://sca.profmat-sbm.org.br/sca_v2/get_tcc3.php?id=462. Último acesso em: 29 ago. 2020.

PEREIRA, S. B. Introdução à Teoria dos Jogos e a Matemática no Ensino Médio. Dissertação de Mestrado Profissional em Matemática – Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2014. Disponível em: https://sca.profmat-sbm.org.br/sca_v2/get_tcc3.php?id=1428. Último acesso em: 29 ago. 2020.

REZENDE, F.; OSTERMANN, F. A prática do professor e a pesquisa em Ensino de física: novos elementos para repensar essa relação. Caderno Brasileiro de Ensino de Física, v. 22, n. 3, p. 316-337, 2005. Disponível em: https://periodicos.ufsc.br/index.php/fisica/article/view/6374/5900. Último acesso em: 29 ago. 2020.

SANTOS, C. S. Introdução à Teoria dos Jogos para o Ensino Médio. Dissertação de Mestrado Profissional em Matemática em Rede Nacional – Universidade Federal de Sergipe, Aracaju, 2016. Disponível em: https://ri.ufs.br/bitstream/riufs/8805/2/CLEVERTON_SOUZA_SANTOS.pdf. Último acesso em: 29 ago. 2020.

SANTOS, H. O.; CARVALHO, E. B. S. Teoria dos Jogos: Dinâmica de Ensino dos Aspectos do Processo de Decisão. Future Studies Research Journal, v. 9, n. 1, p. 51-77, 2017. Disponível em: https://revistafuture.org/FSRJ/article/view/296/386. Último acesso em: 29 ago. 2020.

SANTOS, J. P. A Teoria da Probabilidade e a Teoria dos Jogos em uma abordagem para o Ensino Médio. Dissertação de Mestrado Profissional em Matemática em Rede Nacional – Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2016. Disponível em: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/23210. Último acesso em: 29 ago. 2020.

SANTOS, R. V. “Jogos de empresas” aplicados ao processo de Ensino e aprendizagem de contabilidade. Revista Contabilidade & Finanças, v. 14, n. 31, p. 78-95, 2003. Disponível em: http://www.revistas.usp.br/rcf/article/view/34088/36820. Último acesso em: 29 ago. 2020.

SILVA, P. R. R.; BOCCARDI, N. A.C.; DUTRA, N. B.; HATTORI, W. T.; YAMAMOTO, M. E.; ALENCAR, A. I. Stickers versus wafers: the value of resource in a public goods game with children. Estudos de Psicologia, v. 21, n. 2, p. 117-124, 2016. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/epsic/v21n2/1413-294X-epsic-21-02-0117.pdf. Último acesso em: 29 ago. 2020.

SOARES, M. B.; MACIEL, F. Alfabetização. Série Estado do Conhecimento. Brasília: MEC/INEP/Comped, 2000. Disponível em: http://portal.inep.gov.br/documents/186968/484330/Alfabetiza%C3%A7%C3%A3o/f9ddff4f-1708-41fa-82e5-4f2aa7c6c581?version=1.3. Último acesso em: 29 ago. 2020.

SOUZA, W. A. V.; MALAVAZI, M. C. Game Theory: an approach through history and its applications. Scientific Electronic Archives, v. 12, n. 1, p. 138-147, 2019. Disponível em: http://www.seasinop.com.br/revista/index.php?journal=SEA&page=article&op=view&path%5B%5D=642&path%5B%5D=pdf. Último acesso em: 29 ago. 2020.

VIDOTTO, T.; SOUZA, R. F.; ANDRADE, M. A. B. S. Jogo didático e Estratégias Evolutivamente Estáveis. In: IX ENPEC: ENCONTRO NACIONAL DE PESQUISA EM EDUCAÇÃO EM CIÊNCIAS, 9., 2013, Águas de Lindóia. Atas do IX Encontro Nacional de Pesquisa em Educação em Ciências: Processos e materiais educativos em ciências, Águas de Lindóia, p. 1-8, 2013. Disponível em: http://www.nutes.ufrj.br/abrapec/ixenpec/atas/resumos/R0905-1.pdf. Último acesso em: 29 ago. 2020.

Arquivos adicionais

Publicado

2021-11-16

Edição

Seção

Artigos