Uma análise epistemológica do diagnóstico de depressão

Conteúdo do artigo principal

Sandra Caponi

Resumo

As explicações construídas para fundamentar a categoria nosológica da depressão, não se limitam aos critérios descritivos de diagnóstico enunciados no DSM-IV . Repete-se, uma e outra vez, que o que limita tudo e qualquer “capricho diagnóstico” (Kitcher, 2002) , não são os critérios descritivos mas as explicações etiológicas, as referências a estudos biológicos de laboratório que indicam que o déficit de certos neuro-transmissores, como a serotonina, é a causa direta da doença.

Detalhes do artigo

Como Citar
CAPONI, Sandra. Uma análise epistemológica do diagnóstico de depressão. Cadernos Brasileiros de Saúde Mental/Brazilian Journal of Mental Health, [S. l.], v. 1, n. 1, p. 100–108, 2011. DOI: 10.5007/cbsm.v1i1.68431. Disponível em: https://periodicos.ufsc.br/index.php/cbsm/article/view/68431. Acesso em: 24 jun. 2024.
Seção
Artigos originais