The construction of the character Aslan and his relations with the Christian universe in English and Portuguese language: a study based on the corpus of the work of C.S.Lewis

Talita Serpa, Celso Fernando Rocha, Vanessa Prestes Soares

Abstract



This work aims to analyze the construction of the character Aslan, in the chronicle The Lion, the Witch and the Wardrobe (1949), written by C. S. Lewis, and in the respective translation, made by Mendes Campos (2002). For this, we consider the intertextuality between this story and the narrative of the Holy Bible, focusing mainly on the lexicon-contextual constructions that touch the object-character of our study. For this, we are guided by assumptions of the studies of the field of Lexicology (BARBOSA, 1990, 1998; DUBOUIS, 1973), Corpus Linguistics (BERBER SARDINHA, 2000, 2002, 2004) and Corpus Based Translation Studies (WordList and Concord), in order to verify the translation behavior adopted by a work that is rich in meanings and relevant within the world literary panorama. We note, based on our survey of the most frequent words in context, that the source and meta texts present approximations regarding the lexical choices for biblical intertextual composition, creating associative images between Aslan and Christ.


Keywords


Aslan; Intertextuality; Christianity; Translation; Corpus-Based Translation Studies

References


ARRUDA, S. M. A interface intertextual implícita entre o personagem Aslam e a pessoa de Jesus, representados, respectivamente, nas crônicas de Nárnia: o leão, a feiticeira e o guarda roupa e nos textos bíblicos. Monografia (Licenciatura em Letras) – UEPB, João Pessoa, 2016.

BAKER, M. Corpora in translation studies: an overview and some suggestions for future research. Target, V.7, n. 2, p. 223-243, 1995.

______. Linguística e estudos culturais: paradigmas complementares ou antagônicos nos estudos da Tradução? In: MARTINS, M.A.P. (Org.) Tradução e multidisciplinaridade. Rio de Janeiro: Lucena,1999, p. 15-34.

______. Towards a Methodology for investigation the style of literary translation. Target, Amsterdã, V. 12, n. 2, p. 241-266, 2000.

BARBOSA, M. A. Considerações sobre a Estrutura e Funções da Obra Lexicográfica : Metodologia, Tecnologia e Condições de Produção. Anais do Colóquio de Lexicologia e Lexicografia. Lisboa: Universidade Nova de Lisboa, 1990, p.229-241.

______. Da neologia à neologia na literatura. As ciências do léxico: lexicologia, lexicografia e terminologia. Campo Grande: UFMS, 1998.

BARROS, L.A. Curso básico de terminologia. São Paulo: USP, 2004.

BERBER SARDINHA, A P. Linguística de corpus: histórico e problemática. DELTA: documentação de estudos em linguística teórica e aplicada, São Paulo, v. 16, n.2, p. 323-367, 2000.

______. Corpora eletrônico na pesquisa em Tradução. Cadernos de Tradução. 9:1.p. 15-60,2002.

______. Linguística de corpus. São Paulo: Manole, 2004.

BROWN, D. Os bastidores de Nárnia. São Paulo: Editora Hagnos, 2005.

CAMARGO, D.C. Padrões de estilo de tradutores: um estudo de semelhanças e diferenças em corpora de traduções literárias, especializadas e juramentadas. 2005. 512f. Tese (Livre-Docência em Estudos da Tradução)- UNESP/IBILCE, São José do Rio Preto, 2005.

______. Metodologia de pesquisa em Tradução e linguística de corpus. São Paulo: Cultura Acadêmica/São José do Rio Preto: Laboratório Editorial. 2007, Coleção Brochuras, v.1. 65p.

DUARTE, G. A. F. F. Uma leitura intertextual das Crônicas de Nárnia: religiosidade e diálogos com a Bíblia Sagrada. 2015. Monografia (Licenciatura em Letras) – UEPB, João Pessoa, 2015.

DUBOIS, J. et al. Dicionário de linguística. Trad. Frederico Pessoa de Barros et al. São Paulo: Cultrix, 2001.

GONÇALVES, S. R. O Intertexto Bíblico na Literatura: As Crônicas de Nárnia, de Cs Lewis. In: Anais do Congresso Internacional da Faculdades EST. 2015. p. 1504-1526.

GONÇALVES, L. B. Lingüística de Corpus e Análise Literária: uma Aplicação a Dubliners de Joyce. In: Anais do I Congresso Internacional da ABRAPUI, 2007, p. 1-19.

GREGGERSEN, G. Entrevista a blogueiro. 2010. Disponível em . Acesso em: 05 jul 2013.

LEITE, L. C. M. O foco narrativo. São Paulo: Ática, 1985.

LAVIOSA, S. Corpus-based translation studies: theory, findings, applications. Amsterdã/Atlanta:Rodopi, 2002.

LEWIS, C. S. et al. Cristianismo puro e simples. Aliança Biblica Universitária do Brasil, 1992.

______. O leão, a feiticeira e o guarda-roupa. Tradução de Paulo Mendes Campos. São Paulo: Martins Fontes, 2002.

__________. The lion, the witch and the wardrobe. New York: HarperCollinsPublishers, 1994.

__________. A viagem do peregrino da alvorada. Tradução de Paulo Mendes Campos. São Paulo: Martins Fontes, 1997.

LIRA, E. E. P. O sagrado e a intertextualidade bíblica em “As crônicas de Nárnia”, de CS Lewis. Leitura: Teoria & Prática, v. 29, n. 57, p. 51-55, 2011.

MAGALHÃES FILHO, G. B. O imaginário em As Crônicas de Nárnia. São Paulo: Mundo Cristão, 2005.

ZYNGIER, S et al. Discursoliterário e linguística de corpus: uma visão empírica. Caderno de Letras (UFRJ), Rio de Janeiro, n. 28, p. 99-107, 2011.




DOI: https://doi.org/10.5007/2175-8026.2018v71n1p77

Copyright (c) 2018 Talita Serpa, Celso Fernando Rocha, Vanessa Prestes Soares

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International License.