Tecnologia e Metodologia no Ensino de Inglês: Impactos da Globalização e da Internacionalização

Kyria Rebeca Finardi, Maria Carolina Porcino

Abstract


 

O artigo reflete sobre o papel das tecnologias nas diversas metodologias de ensino de inglês e sobre o impacto da globalização e internacionalização na educação em geral e no ensino de inglês em especial. O estudo é baseado no pressuposto de que o acesso à informação e à tecnologia é necessário para a construção de capital social (WARSCHAUER, 2003) e que esse acesso exige algum conhecimento de inglês e letramento digital (FINARDI; PREBIANCA; MOMM, 2013). Partimos de uma revisão bibliográfica sobre o uso de metodologias no ensino de inglês e do papel das tecnologias nessas metodologias para propor que tanto a resistência a quanto o uso acrítico de tecnologias pode ter consequências negativas tanto para o desenvolvimento da proficiência em inglês quanto para o desenvolvimento social do Brasil. O estudo conclui que na era do pós método (BROWN, 2002; KUMARAVADIVELO, 2003) e da informação (LEVY, 1999) as tecnologias têm um papel relevante e crucial que deve ser considerado criticamente nas metodologias de ensino de línguas. O estudo sugere ainda que o uso informado de tecnologias e metodologias, aliado ao ensino de inglês como língua internacional são essenciais para alavancar o desenvolvimento e a internacionalização da educação no Brasil de forma crítica em relação aos efeitos da globalização.


Keywords


Tecnologia; Metodologia; Ensino de Inglês; Globalização; Internacionalização



DOI: https://doi.org/10.5007/2175-8026.2014n66p239

Copyright (c) 2014 Kyria Rebeca Finardi, Maria Carolina Porcino

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International License.