Alvina Quintana’s Home Girls:Chicana Literary Voices

Autores

  • Leila Assumpção Harris Universidade do Estado do Rio de Janeiro

DOI:

https://doi.org/10.5007/%25x

Palavras-chave:

English Language, English

Resumo

After explaining that “Home Girls” is a term commonly used in the United States to refer to “women of color,” Alvina Quintana introduces herself as “a Chicana who thrives on the writing produced by [her] Chicana ‘Home Girls’”. The reader of Home Girls soon realizes, however, that besides possessing inside knowledge of the issues addressed in Chicana literature, Quintana is equally at ease when discussing contemporary social/critical theorists and incorporating their perspectives in her analysis.

Biografia do Autor

Leila Assumpção Harris, Universidade do Estado do Rio de Janeiro

possui graduação em Português Inglês pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1973), mestrado em Inglês (Linguística) pela Texas Tech University (1975) e doutorado em Inglês ( Literatura Norte Americana) pela Texas Tech University (1990). Fez estágio de Pós-Doutorado na Universidade Federal de Minas Gerais (agosto de 2006 a julho de 2007. Atualmente é professor adjunto da Universidade do Estado do Rio de Janeiro. Tem experiência na área de Letras, com ênfase em Literatura Norte Americana, atuando principalmente nos seguintes temas: literaturas de língua inglesa, literatura comparada, literaturas contemporâneas de autoria feminina, estudos de gênero, classe e etnia, estudos culturais. ..

Mais informações:Currículo Lattes - CNPq.

Downloads

Publicado

2002-01-01

Edição

Seção

Resenhas