Mega-Periódicos e altmetria: aproximações entre novas formas de publicação e de avaliação de impacto de resultados de pesquisa

Autores

  • Milton Shintaku Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia (IBICT)
  • Janinne Barcelos Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia (IBICT) Universidade de Brasília (UnB)
  • Ronaldo Araújo Universidade Federal de Alagoas (UFAL).
  • Ronnie Fagundes de Brito Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia (Ibict)

DOI:

https://doi.org/10.5007/1518-2924.2019v24n54p52

Palavras-chave:

Comunicação Científica, Comunicação Científica e Internet, Mega-Periódicos, Altmetria

Resumo

A Internet e os recursos da web têm se constituído ferramentas essenciais para comunicação e disseminação de informações científicas e feito surgir novas formas de publicação e de avaliação do impacto de resultados de pesquisa. Os mega-periódicos (mega-journals) e as métricas alternativas são exemplos dessas novas formas de publicar pesquisas e medir seus impactos. O artigo tem por objetivo analisar a convergência entre os mega-periódicos e a altmetria, de forma a estabelecer as relações entre um canal de disseminação e um conjunto de métricas, ambos surgidos no cenário digital da internet. Trata-se de uma reflexão teórica desenvolvida por meio de uma pesquisa bibliográfica que sistematiza a correlação quanto às características que a envolvem os mega-periódicos (volume de publicação, amplitude temática, revisão por pares flexível, taxa de processamento e limitações dos periódicos tradicionais) e a Altmetria (apoio na seleção dos artigos, revisão pós publicação, medida de impacto , tipos de ferramentas e limitações das métricas tradicionais). A altmetria pode ser a métrica mais adequada para verificar a efetividade dos mega-periódicos, por alinhar-se às principais características desse canal de disseminação.

Biografia do Autor

Milton Shintaku, Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia (IBICT)

Doutor em Ciência da Informação pela Universidade de Brasília (UnB). Tecnólogo no Instituto Brasileiro de Informação em Ciências e Tecnologia (Ibict) e Professor da Secretaria de Educação do Distrito Federal (SEDF). 

Janinne Barcelos, Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia (IBICT) Universidade de Brasília (UnB)

Doutoranda em Ciência da Informação na Universidade de Brasília (UnB). Assistente de pesquisa do Instituto Brasileiro de Informação para a Ciência e Tecnologia (Ibict). 

Ronaldo Araújo, Universidade Federal de Alagoas (UFAL).

Doutor em Ciência da Informação pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Professor Adjunto do Curso de Biblioteconomia, na Universidade Federal de Alagoas (UFAL).

Ronnie Fagundes de Brito, Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia (Ibict)

Doutor em Engenharia e Gestão do Conhecimento pela Universidade Federal de Santa Catarina (2012). Tecnologista do Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia (Ibict).

Referências

ARAÚJO, Ronaldo. F. de. Mídias sociais e comunicação científica: análise altmétrica em artigos de periódicos da ciência da informação. Em Questão, v. 21, p. 96-109, 2015.

BARJAK, Franz. The role of the Internet in informal scholarly communication. Journal of the American Society for Information Science and Technology, v. 57, n. 10, p. 1350-1367, 2006.

BARROS, Moreno. Altmetrics: métricas alternativas de impacto científico com base em redes sociais. Perspectivas em Ciência da Informação, v.20, n.2, p .19-37, abr./jun. 2015. http://dx.doi.org/10.1590/1981-5344/1782

CÔRTES, Pedro Luiz. Considerações sobre a evolução da ciência e da comunicação científica. In: POBLACION, Dinah Aguiar; WITTER, Geraldina Porto; SILVA, José Fernando Modesto da. In: XVIII ENCONTRO NACIONAL DE PESQUISA EM CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO. Anais… ENANCIB 2017 23 a 27 de outubro de 2017 – Marília – SP (Org.). Comunicação e produção científica: contexto, indicadores, avaliação. São Paulo: Angellara, 2006.

BINFIELD, Peter. PLoS ONE and the rise of the Open Access MegaJournal. PLoS Biology, 2011.

BINFIELD, Peter. Novel scholarly journal concepts. In: Opening science. Springer, Cham, 2014. p. 155-163.

BJÖRK, Bo-Christer. Have the “mega-journals” reached the limits to growth?. PeerJ, v. 3, p. e981, 2015.

DOMNINA, T. N. A megajournal as a new type of scientific publication. Scientific and Technical Information Processing, v. 43, n. 4, p. 241-250, 2016.

GIL, Antonio Carlos. Como elaborar projetos de pesquisa. 4. ed. São Paulo: Atlas, 2008.

HOWARD, Jennifer. Rise of ‘altmetrics’ revives questions about how to measure impact of research. The Chronicle of Higher Education, v. 59, n. 38, p. A6-A7, 2013.

HOYT, Jason; BINFIELD, Peter. Everything Evolves, Even Publishing. Against the Grain, v. 28, n. 1, p. 12, 2016.

HURD, Julie M. The transformation of scientific communication: A model for 2020. Journal of the Association for Information Science and Technology, v. 51, n. 14, p. 1279-1283, 2000.

JONES, Phill. Publishers: applying altmetrics. 2015. Disponível em: <https://deepblue.lib.umich.edu/handle/2027.42/111641> Acesso em: 03 ago. 2018.

MACGREGOR, James; STRANACK, Kevin; WILLINSKY, John. The Public Knowledge Project: Open source tools for open access to scholarly communication. In: Opening science. Springer, Cham, 2014. p. 165-175.

MUELLER, Suzana. A ciência, o sistema de comunicação científica e a literatura científica. In: CAMPELLO, B. S.; CENDON, B. V.; KREMER, J. M. (Orgs). Fontes de informação para pesquisadores e profissionais. Belo Horizonte: Ed. UFMG, 2000, p. 21-34.

OLLÉ CASTELLÀ, Candela; LÓPEZ‐BORRULL, Alexandre; ABADAL, Ernest. The challenges facing library and information science journals: editors' opinions. Learned Publishing, v. 29, n. 2, p. 89-94, 2016.

ORLANDI, Ludovico Bullini et al. Scholarly work in the Internet age: Co-evolving technologies, institutions and workflows. Journal of Innovation & Knowledge, 2018.

PRIEM, J.; TARABORELLI, D.; GROTH, P.; NEYLON, C. Altmetrics: a manifesto. London: Altmetric.org, 2010. Disponível em: . Acesso em: 2 mar. 2017.

SILVA, Edna Lucia; LOPES DE LACERDA TAVARES, Aureliana; SPECK PEREIRA, José Paulo. O estado da arte da pesquisa sobre comunicação científica (1996-2006) realizada no Brasil no âmbito da ciência da informação. Transinformação, v. 22, n. 3, 2010.

SPEZI, Valerie et al. “Let the community decide”? The vision and reality of soundness-only peer review in open-access mega-journals. Journal of Documentation, v. 74, n. 1, p. 137-161, 2018.

SUD, Pardeep; THELWALL, Mike. Evaluating altmetrics. Scientometrics, v. 98, n. 2, p. 1131-1143, 2014.

WAKELING, Simon et al. Open access megajournals: The publisher perspective (Part 2: Operational realities). Learned Publishing, v. 30, n. 4, p. 313-322, 2017.

WANG, Xianwen et al. The open access advantage considering citation, article usage and social media attention. Scientometrics, v.103, n.2, p.555–564, 2015

WARE, Mark; MABE, Michael. The stm report. An overview of scientific and scholarly journal publishing, 2012.

VANTI, Nadia; SANZ-CASADO, Elías. Altmetria: a métrica social a serviço de uma ciência mais democrática. Transinformação, v. 28, n. 3, 2017.

Downloads

Publicado

2019-01-04