60 anos dos Princípios Internacionais de Catalogação: histórico e desenvolvimento

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5007/1518-2924.2021.e82384

Palavras-chave:

Catalogação, Princípios Internacionais de Catalogação – ICP, Princípios de Paris, Descrição Bibliográfica Internacional Normalizada – ISBD, Modelos conceituais

Resumo

Objetivo: Apresentar o contexto e o desenvolvimento dos Princípios Internacionais de Catalogação, que são destinados a orientar a criação e o desenvolvimento de códigos de catalogação, as decisões tomadas pelos catalogadores e as políticas sobre o acesso e o intercâmbio de dados. 

Método: Pesquisa de abordagem qualitativa, de caráter exploratório e descritivo, utiliza os procedimentos técnicos de pesquisa bibliográfica e documental.

Resultado: Apresenta um quadro contextualizando o desenvolvimento dos Princípios Internacionais de Catalogação, auxiliando em sua compreensão e destacando sua importância para o cenário atual de intercâmbio de dados. Entende-se que a Declaração dos Princípios Internacionais de Catalogação possui um papel importante na padronização mundial da representação dos recursos informacionais, entretanto para a sua adoção efetiva é necessário entendê-la como um todo.

Conclusões: O histórico sobre a Declaração dos Princípios Internacionais de Catalogação contextualiza e reafirma o esforço internacional de estabelecer diretrizes comuns a diferentes localidades geográficas e ressalta a importância desses princípios, mesmo após 60 anos de sua primeira publicação.

Biografia do Autor

Gerlaine da Rocha Braga, Fundação Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - IBGE

Bibliotecária

Referências

ASSUMPÇÃO, F. S.; SANTOS, P. L. V. A. da C. A importância do controle de autoridade: uma abordagem baseada nos objetivos e nas funções dos catálogos. In: ENCONTRO NACIONAL DE CATALOGADORES, 1., 2012, Rio de Janeiro. Anais… Rio de Janeiro: Fundação Biblioteca Nacional, 2012. Disponível em: http://eprints.rclis.org/18843/. Acesso em: 16 maio 2020.

BEREIJO, A. La catalogación descriptiva: aspectos que intervienen en la calidad procesual. Revista Interamericana de Bibliotecología, Mendellín, v. 22, n. 1, ene./jun. 1999. Disponível em: https://www.brapci.inf.br/index.php/res/download/97569. Acesso em: 01 maio 2020.

BRAGA, G.; SILVEIRA, N. C. Atualização dos Princípios Internacionais de Catalogação: levantamento dos encontros da Seção de Catalogação da IFLA. In: JORNADA DE PÓS-GRADUAÇÃO DA UNIRIO, 5., 2019, Rio de Janeiro. Ensaios de Pós-Graduação. [Rio de Janeiro]: UNIRIO, 2019. Disponível em: https://ocs.unirio.br/index.php/5JPG/5JPG/paper/view/781/431. Acesso em: 2 dez. 2020.

BUIZZA, P. Bibliographic control and authority control from Paris Principles to the present. Cataloging & Classification Quarterly, Filadélfia, v. 38, n. 3-4, p. 117-133, 2009. DOI: 10.1300/J104v38n03_11. Disponível em: https://doi.org/10.1300/J104v38n03_11. Acesso em: 16 maio 2020.

CAMPELLO, B. Introdução ao controle bibliográfico. 2. ed. Brasília: Briquet de Lemos/Livros, 2006.

CÓDIGO de Catalogação Anglo-Americano. 2. ed., rev. 2002. São Paulo: FEBAB, 2005. Tradução para a língua portuguesa sob a responsabilidade da FEBAB.

CONFERÊNCIA Internacional de Catalogação: relatório oficial preliminar. Traduzido por Maria Luisa Monteiro da Cunha. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE BIBLIOTECONOMIA E DOCUMENTAÇÃO, 4., 1963, Fortaleza. [Anais …]. [Fortaleza]: [s. n.], 1963. Disponível em: http://repositorio.febab.org.br/items/show/558. Acesso em: 13 abr. 2020.

CREIDER, L. S. A Comparison of the Paris Principles and the International Cataloguing Principles. Cataloging & Classification Quarterly, Filadélfia, v. 47, n. 6, p. 583-599, 2009. DOI: https://doi.org/10.1080/01639370902946270. Disponível em: https://www.tandfonline.com/doi/full/10.1080/01639370902946270?scroll=top&needAccess=true. Acesso em: 30 out. 2019.

CUNHA, M. L. M. da. Novas tendências de normalização dos trabalhos de catalogação. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE BIBLIOTECONOMIA E DOCUMENTAÇÃO, 4., 1963, Fortaleza. [Anais …]. [Fortaleza]: [s. n.], 1963. Disponível em: http://repositorio.febab.org.br/items/show/560. Acesso em: 13 abr. 2020.

ESCOLANO RODRÍGUEZ, E.; GALEFFI, A.; MCGARRY, D. Mutual influence among IFLA standards: the ICP case. In: IFLA WORLD LIBRARY AND INFORMATION CONGRESS, 2018; IFLA GENERAL CONFERENCE AND ASSEMBLY, 84., 2018, Kuala Lumpur. [Conferência] [...]. Kuala Lumpur: IFLA, 2018. Disponível em: http://library.ifla.org/2207/1/074-escolano-en.pdf. Acesso em: 30 out. 2019.

ESTIVILL RIUS, A. Estado actual de la normativa de catalogación: primera parte: el escenario internacional. bid: textos universitaris de biblioteconomia e documentació, Barcelona, n. 22, jun. 2009. Disponível em: http://bid.ub.edu/22/estivill2.htm. Acesso em: 23 abr. 2020.

ESTIVILL RIUS, A. Momentos estelares de la catalogación em el cincuentenario de los Principios de París. bid: textos universitaris de biblioteconomia e documentació, Barcelona, n. 28, jun. 2012. Disponível em: http://bid.ub.edu/28/estivill2.htm. Acesso em: 23 abr. 2020.

FIUZA, M. M. Funções e desenvolvimento do catálogo: uma visão retrospectiva. R. Esc. Bibliotecon. UFMG, Belo Horizonte, v. 9, n. 2, p. 139-158, set. 1980. Disponível em: portaldeperiodicos.eci.ufmg.br/reb/. Acesso em: 30 out. 2019.

GENESTASIO, G. The International Cataloguing Principles and their future. JLIS.it, Macerata, v. 3, n. 1, giu./june 2012. DOI: 10.4403/jlis.it-4936. Disponível em: https://www.jlis.it/article/view/4936. Acesso em: 19 maio 2020.

GIL, A. C. Como elaborar projetos de pesquisa. 4. ed. São Paulo: Atlas, 2002.

GORMAN, M. The origins and making of the ISBD: a personal history, 1966–1978. Cataloging & Classification Quarterly, Filadélfia, v. 52, n. 8, p. 821-834, 2014. DOI: 10.1080/01639374.2014.929604. Disponível em: https://doi.org/10.1080/01639374.2014.929604. Acesso em: 28 out. 2019.

GU, B. et al. Chinese Cataloging Rules and International Cataloguing Principles: a report of similarities and differences. In: IFLA MEETING OF EXPERTS ON AN INTERNATIONAL CATALOGUING CODE, 4., 2006, Seoul. [Anais…]. Não publicado. Disponível em: http://eprints.rclis.org/20348/. Acesso em: 16 maio 2020.

GUERRINI, M. In praise of the un-finished: the IFLA Statement of International Cataloguing Principles (2009). Cataloging & Classification Quarterly, Filadélfia, v. 47, n. 8, p. 722-740, 2009. DOI: 10.1080/01639370903206906. Disponível em: https://doi.org/10.1080/01639370903206906. Acesso em: 16 maio 2020.

INTERNATIONAL FEDERATION OF LIBRARY ASSOCIATIONS AND INSTITUTIONS. Declaração dos Princípios Internacionais de Catalogação (PIC). Haia: IFLA, 2018. Disponível em: https://www.ifla.org/files/assets/cataloguing/icp/icp_2016-pt.pdf. Acesso em: 29 maio 2019. Tradução para o português sob a responsabilidade de Marcelo Votto Texeira e revisado por Jorge Moisés Kroll do Prado (Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial do estado de Santa Catarina).

INTERNATIONAL FEDERATION OF LIBRARY ASSOCIATIONS AND INSTITUTIONS. Functional Requirements for Bibliographic Records: final report. The Hague: IFLA, 1998. Disponível em: https://www.ifla.org/files/assets/cataloguing/frbr/frbr_2008.pdf. Acesso em: 25 mar. 2018. Aprovado pelo Standing Committee of the IFLA Section on Cataloguing em setembro de 1997, alterado e corrigido até fevereiro de 2009.

INTERNATIONAL FEDERATION OF LIBRARY ASSOCIATIONS AND INSTITUTIONS. Functional Requirements for Subject Authority Data (FRSAD): a conceptual model. [The Hague]: IFLA, 2010. Disponível em: https://www.ifla.org/files/assets/classification-and-indexing/functional-requirements-for-subject-authority-data/frsad-final-report.pdf. Acesso em: 14 abr. 2020.

INTERNATIONAL FEDERATION OF LIBRARY ASSOCIATIONS AND INSTITUTIONS. IFLA Library Reference Model: a conceptual model for bibliographic information. Den Haag: IFLA, 2017. Disponível em: https://www.ifla.org/files/assets/cataloguing/frbr-lrm/ifla-lrm-august-2017_rev201712.pdf. Acesso em: 29 maio 2019.

INTERNATIONAL FEDERATION OF LIBRARY ASSOCIATIONS AND INSTITUTIONS. ISBD International Standard Bibliographic Description: consolidated edition. [Den Haag]: IFLA, 2011. Disponível em: https://www.ifla.org/files/assets/cataloguing/isbd/isbd-cons_20110321.pdf. Acesso em: 08 jun. 2019.

INTERNATIONAL FEDERATION OF LIBRARY ASSOCIATIONS AND INSTITUTIONS. Statement of International Cataloguing Principles (ICP). Den Haag: IFLA, 2016. Disponível em: https://www.ifla.org/files/assets/cataloguing/icp/icp_2016-en.pdf. Acesso em: 25 jan. 2019. Edição com pequenas revisões em 2017.

INTERNATIONAL FEDERATION OF LIBRARY ASSOCIATIONS AND INSTITUTIONS. Statement of International Cataloguing Principles. [Den Haag]: IFLA, 2009. Disponível em: https://www.ifla.org/files/assets/cataloguing/icp/icp_2009-en.pdf. Acesso em: 6 ago. 2019.

INTERNATIONAL FEDERATION OF LIBRARY ASSOCIATIONS AND INSTITUTIONS. Statement of International Cataloguing Principles (ICP) 2016. [Den Haag]: IFLA, 2021. Disponível em: https://www.ifla.org/publications/node/11015. Acesso em: 3 jun. 2021.

INTERNATIONAL FEDERATION OF LIBRARY ASSOCIATIONS AND INSTITUTIONS. Statement of Principles: adopted by The International Conference on Cataloguing Principles. Paris: IFLA, 1961. Disponível em: https://www.ifla.org/files/assets/cataloguing/IMEICC/IMEICC1/statement_principles_paris_1961.pdf. Acesso em: 30 out. 2019.

LÓPEZ GUILLAMÓN, I. Javier Lasso de la Vega y los principios de la catalogación bibliográfica. Revista General de Información y Documentación, Madri, v. 22, p. 93-117, 2012. Disponível em: http://dx.doi.org/10.5209/rev_RGID.2012.v22.39656. Acesso em: 16 maio 2020.

MEY, E. S. A. Catalogação e descrição bibliográfica: contribuições a uma teoria. Brasília: Associação dos Bibliotecários do Distrito Federal, 1987.

MEY, E. S. A.; SILVEIRA, N. C. Catalogação no plural. Brasília: Briquet de Lemos/Livros, 2009.

MIKSA, S. D. Cataloging principles and objectives: history and development. Cataloging & Classification Quarterly, Filadélfia, v. 59, n. 2-3, p. 97-128, 2021. DOI: 10.1080/01639374.2021.1883173. Disponível em: https://www.tandfonline.com/doi/full/10.1080/01639374.2021.1883173 . Acesso em: 07 set. 2021.

ORTEGA, C. D. Do princípio monográfico à unidade documentária: exploração dos fundamentos da Catalogação. Liinc em Revista, Rio de Janeiro, v. 7, n. 1, p. 43-60, mar. 2011. DOI: https://doi.org/10.18617/liinc.v7i1.402. Disponível em: http://revista.ibict.br/liinc/article/view/3288. Acesso em: 28 abr. 2020.

ORTEGA, C. D. Os registros de informação dos sistemas documentários: uma discussão no âmbito da Representação Descritiva. São Paulo, 2009. Tese (Doutorado em Ciência da Informação)-Universidade de São Paulo, Escola de Comunicações e Artes, São Paulo, 2009. Disponível em: https://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/27/27151/tde-21092009-211824/publico/tese_Cristina_Dotta_Ortega.pdf. Acesso em: 24 abr. 2020.

PACHECO, K. L.; ORTEGA, C. D. Origem do modelo FRBR. Biblios: Journal of Librarianship and Information Science, Pitsburgo, n. 60, 2015. DOI: 10.5195/biblios.2015.239. Disponível em: https://biblios.pitt.edu/ojs/index.php/biblios/article/viewFile/239/235. Acesso em: 19 maio 2020.

PADRON, M. F.; CRUZ, F. W.; SILVA, J. R. de. Modelos conceituais na Ciência da Informação: uma revisão de literatura. In: ENCONTRO NACIONAL DE PESQUISA EM CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO, 19., 2018, Londrina, PR. [Anais …]. [Londrina]: [Universidade Estadual de Londrina], 2018. Disponível em: http://enancib.marilia.unesp.br/index.php/XIX_ENANCIB/xixenancib/paper/view/1038/1413. Acesso em: 14 abr. 2020.

PIEDADE, M. A. R. A catalogação dos autores brasileiros e portuguêses. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE BIBLIOTECONOMIA E DOCUMENTAÇÃO, 3., 1961, Curitiba. [Anais …]. [Curitiba]: [s. n.], 1961. Disponível em: http://repositorio.febab.org.br/items/show/543. Acesso em: 13 abr. 2020.

RODRÍGUEZ GARCÍA, A. A. Los Principios Internacionales de Catalogación: actualización y cambios. Biblioteca Universitaria, Distrito Federal (México), v. 8, n. 2, p. 103-110, jul.-dic. 2005. Disponível em: http://www.redalyc.org/articulo.oa?id=28580202. Acesso em: 17 maio 2020.

SANTOS, M. N. dos; ORTEGA, C. D. Catalogação à Lubetzky: para além dos fatores econômicos e tecnológicos. Ponto de Acesso, Salvador, v. 7, n. 3, p. 93-113, dez. 2013. Disponível em: https://portalseer.ufba.br/index.php/revistaici/article/view/8464. Acesso em: 24 abr. 2020.

SERRA, L. G. et al. Os princípios de descrição e sua aderência aos formatos MARC 21 e ONIX. Ciência da Informação, Brasília, DF, v. 46, n. 2, p. 51-66, maio/ago. 2017. Disponível em: http://revista.ibict.br/ciinf/article/viewFile/2327/3699. Acesso em: 16 maio 2020.

SILVEIRA, N. C. Análise do impacto dos Requisitos Funcionais para Registros Bibliográficos (FRBR) nos pontos de acesso de responsabilidade pessoal. Campinas, 2007. Dissertação (Mestrado em Ciência da Informação)-Pontifícia Universidade Católica de Campinas, Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação, Campinas, 2007. Disponível em: http://www.bibliotecadigital.puc-campinas.edu.br/tde_arquivos/2/TDE-2008-02-15T133640Z-1388/Publico/NAIRA%20CHRISTOFOLETTI%20SILVEIRA.pdf. Acesso em: 14 abr. 2020.

SPANHOFF, E. de R. Principle issues: catalog paradigms, old and new. Cataloging & Classification Quarterly, Filadélfia, v. 35, n. 1-2, p. 37-59, 2009. DOI: 10.1300/J104v35n01_04. Disponível em: https://doi.org/10.1300/J104v35n01_04. Acesso em: 16 maio 2020.

SPEDALIERI, G. Los objetivos del catálogo. Información, Cultura y Sociedad, Buenos Aires, n. 14, p. 51-69, 2006. Disponível em: http://revistascientificas.filo.uba.ar/index.php/ICS/article/view/878. Acesso em: 16 maio 2020.

TILLETT, B. B. Visão geral do esboço da Declaração dos Princípios de Catalogação. Pretória: IME ICC, 2007. Tradução de Márcia Rosetto. Disponível em: https://biblis2011.files.wordpress.com/2013/08/esboc3a7o-dos-princc3adpios-de-paris-barbara-tillett.pdf. Acesso em: 19 maio 2020.

TILLETT, B. B. Resultados de las comparaciones del código. In: PRINCIPIOS de catalogación de IFLA: pasos hacia un código internacional de catalogación. Madri: Ministerio de Cultura, 2004. (Serie de IFLA sobre Control Bibliográfico, v. 26). Disponível em: https://sede.educacion.gob.es/publiventa/d/12438C/19/1. Acesso em: 19 maio 2020.

ZAFALON, Z. R. Recurso informacional e representação documental. In: ZAFALON, Z. R.; DAL’EVEDOVE, P. R. (Orgs.). Perspectivas da representação documental: discussão e experiências. São Carlos: CPOI, 2017. p. 125-143. Disponível em: https://www.researchgate.net/profile/Zaira_Zafalon/publication/320619115_Perspectivas_da_representacao_documental/links/59f13763aca272cdc7ce0a1f/Perspectivas-da-representacao-documental.pdf. Acesso em: 26 mar. 2018.

Downloads

Publicado

2021-11-19

Como Citar

Braga, G. da R., & Silveira, N. C. . (2021). 60 anos dos Princípios Internacionais de Catalogação: histórico e desenvolvimento. Encontros Bibli: Revista eletrônica De Biblioteconomia E Ciência Da informação, 26, 1-21. https://doi.org/10.5007/1518-2924.2021.e82384