Newton versus Huygens: como (não) ocorreu a disputa entre suas teorias para a luz

Autores

  • Breno Arsioli Moura Centro de Ciências Naturais e Humanas, Universidade Federal do ABC

DOI:

https://doi.org/10.5007/2175-7941.2016v33n1p111

Palavras-chave:

Newton, Huygens, História da Óptica, Natureza da Luz, História da Ciência

Resumo

Este artigo apresenta uma análise crítica da possível disputa entre as teorias sobre luz e cores elaboradas por Newton e Huygens que teria ocorrido entre os séculos XVII e XIX. Com base em diversos estudos historiográficos já realizados sobre o tema, será mostrado que na Historiografia da Ciência a ideia de uma disputa entre as ópticas de Newton e Huygens é considerada ultrapassada. O artigo fornece um apanhado histórico da Óptica no período, oferecendo subsídios para que essa questão seja também problematizada no Ensino, assim como foi na Historiografia da Ciência atual.

Biografia do Autor

Breno Arsioli Moura, Centro de Ciências Naturais e Humanas, Universidade Federal do ABC

Professor Adjunto do CCNH-UFABC, trabalhando principalmente com história da óptica e século XVIII.

Downloads

Publicado

2016-04-25

Edição

Seção

História e Filosofia da Ciência