O ensino por investigação como abordagem para o estudo do efeito fotoelétrico com estudantes do ensino médio de um Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia

João Mauro da Silva Júnior, Geide Rosa Coelho

Resumo


Neste trabalho apresentamos uma análise de uma aula na qual o efeito fotoelétrico foi o tema da Física, desenvolvido com estudantes do ensino médio no contexto da educação profissional e tecnológica. Utilizando um relê fotoelétrico, muito comum em sistemas de iluminação pública, realizamos uma demonstração investigativa, gravada em áudio e vídeo, com uma turma da segunda série de um curso técnico integrado ao ensino médio em um Instituto Federal de Educação. Nossa análise foi pautada na interpretação das interações discursivas ocorridas durante a aula, tendo como base epistemológica autores da educação em ciências ancorados na matriz sociocultural. Os resultados nos mostram e orientam como a perspectiva investigativa de ensino pode potencializar não somente a dimensão conceitual da aprendizagem, mas também as dimensões procedimental e atitudinal. Em nossa análise, a atitude mais evidente foi o trabalho de forma colaborativa. Já em relação aos procedimentos, foram observados um destaque quanto à elaboração e teste de hipóteses, assim como a realização de inferências. Quanto ao conceito, nas delimitações de cada episódio apresentado, entendemos que conseguimos estabelecer a relação entre o efeito fotoelétrico, material alvo, comprimento de onda e a energia da radiação.

Palavras-chave


Ensino por investigação; Efeito fotoelétrico; Aprendizagem conceitual, atitudinal e procedimental

Texto completo:

PDF/A

Referências


AZEVEDO, M. C. P. S. Ensino por investigação: problematizando as atividades em sala de aula. In: CARVALHO, A. M. P. de (Org.). Ensino de ciências: unindo a pesquisa e a prática. São Paulo: Pioneira Thomson Learning, 2004.

BARCELLOS, L. S.; COELHO, G. R. Uma análise das interações discursivas em uma aula investigativa de ciências nos anos iniciais do ensino fundamental sobre medidas protetivas contra a exposição ao Sol. Investigações em Ensino de Ciências, v. 24, n. 1, p. 179-199, 2019.

BARCELLOS, L. S.; GERVÁSIO, S. V.; JONIS SILVA, M. A., COELHO, G. R. A Mediação Pedagógica de uma Licencianda em Ciências Biológicas em uma Aula Investigativa de Ciências Envolvendo Conceitos Físicos. Revista Brasileira de Pesquisa em Educação em Ciências, v. 19, p. 37-65, 2019.

BORGES, A. T. Novos rumos para o laboratório escolar de ciências. Caderno Brasileiro de Ensino de Física, v. 19, n. 3, p. 291-313, dez. 2002.

BOSS, S. L. B.; MIANUTTI, J.; CALUZI, J. J.; SOUZA FILHO, M. P. Inserção de Conceitos e Experimentos Físicos nos Anos Iniciais do Ensino Fundamental: Uma Análise à Luz da Teoria de Vigotski. Ensaio: Pesquisa em Educação em Ciências, v. 14, n. 3, p. 289-312, dez. 2012.

CARDOSO, S. O. de O.; DICKMAN, A. G. Simulação computacional aliada à teoria da aprendizagem significativa: uma ferramenta para ensino e aprendizagem do efeito fotoelétrico. Caderno Brasileiro de Ensino de Física, p. 891-934, ago. 2012.

CARVALHO, A. M. P. de. Critérios estruturantes para o Ensino de Ciências. In: CARVALHO, A. M. P. (org.). Ensino de ciências: unindo a pesquisa e a prática. São Paulo: Cengage Learning, 2004. p. 1-17.

CARVALHO, A. M. P. de. O ensino de Ciências e a proposição de sequências de ensino investigativas. In: CARVALHO, A. M. P. de (org.). Ensino de Ciências por Investigação: Condições para Implementação em Sala de Aula. São Paulo: Cengage Learning, 2013. p. 1-20.

CARVALHO, A. M. P. de (Org.). Calor e temperatura: um ensino por investigação. São Paulo: Editora Livraria da Física, 2014. 146 p.

CARVALHO, A. M. P. de. Fundamentos Teóricos e Metodológicos do Ensino por Investigação. Revista Brasileira de Pesquisa em Educação em Ciências, v. 18, n. 3, p. 765-794, set-dez. 2018.

CLEMENT, L.; TERRAZZAN, E. A. Atividades Didáticas de Resolução de Problemas e o Ensino de Conteúdos Procedimentais. Revista Electrónica de Investigación en Educación en Ciências, v. 6, p. 87-101, 2011.

COELHO, G. R.; AMBRÓZIO, R. M. O ensino por investigação na formação inicial de professores de Física: uma experiência da Residência Pedagógica de uma Universidade Pública Federal. Caderno Brasileiro de Ensino de Física, v. 36, n. 2, p. 490-513, ago. 2019.

CREPALDE, R. S.; AGUIAR JR., O. G. A formação de conceitos como ascensão do abstrato ao concreto: da energia pensada à energia vivida. Investigações em Ensino de Ciências, v. 18, n. 2, p. 299-325, 2013.

DAMIANI, M.; ROCHEFORT, R. S.; CASTRO, R. F.; DARIZ, M. R; PINHEIRO. S. N. S. Discutindo pesquisas do tipo intervenção pedagógica. Cadernos de Educação, v. 45, p. 57-67, mai-ago. 2013.

DRIVER, R; ASOKO H.; LEACH J.; MORTIMER E. F.; SCOTT P. Construindo o conhecimento científico na sala de aula. Química Nova na Escola, n. 9, p. 31-40, 1999.

LIMA, M. E. C. C.; AGUIAR JR., O. G.; DE CARO, C. M. Formação de conceitos científicos: reflexões a partir da produção de livros didáticos. Ciência e Educação, v. 17, n. 4, p. 855-871, 2011.

MÁXIMO, M. P.; ABIB, M. L. V. S. Ensino por investigação e aprendizagem de conceitos físicos e de habilidades ao longo do tempo. In: ENCONTRO DE PESQUISA EM ENSINO DE FÍSICA, XIV, 2012, Maresias, São Paulo. Atas...

MONTEIRO, M.; NARDI, R.; BASTOS FILHO, J. B. Física Moderna e Contemporânea no ensino médio e a formação de professores: desencontros com a ação comunicativa e a ação dialógica emancipatória. Revista Electrónica de Investigación en Educación en Ciências, v. 8, n. 1, p. 1-13, jul. 2013.

MORTIMER, E. F.; SCOTT, P. Atividade discursiva nas salas de aula de ciências: uma ferramenta sociocultural para analisar e planejar o ensino. Investigações em Ensino de Ciências, v. 7, n. 3, p. 283-306, 2002.

MUNFORD, D.; LIMA, M. E. C. de C. Ensinar ciências por investigação: em que estamos de acordo? Ensaio: Pesquisa em Educação em Ciências, v. 9, n. 1, p. 89-111, jun, 2007.

NASCIMENTO, L. de A.; SASSERON, L. H. A Constituição de Normas e Práticas Culturais nas Aulas de Ciências: Proposição e Aplicação de uma Ferramenta de Análise. Ensaio: Pesquisa em Educação em Ciências, v. 21, 2019.

PENHA. S. P. da; CARVALHO, A. M. P. de; VIANNA, D. M. A utilização de atividades investigativas em uma proposta de enculturação científica: novos indicadores para análise do processo. In: ENCONTRO NACIONAL DE PESQUISA EM EDUCAÇÃO EM CIÊNCIAS, VII, 2009, Florianópolis. Anais... Florianópolis: Associação Brasileira de Pesquisa em Educação em Ciências, 2009.

PEREIRA, A.; OSTERMANN, F.; CAVALCANTI, C. O ensino de Física Quântica na perspectiva sociocultural: uma análise de um debate entre os futuros professores mediado por um interferômetro virtual de Mach-Zehnder. Revista Electrónica de Investigación en Educación en Ciências, v. 8, n. 2, p. 376-398, 2009.

POZO, J. I.; GÓMEZ-CRESPO, M. A. A aprendizagem e o ensino de ciências: do conhecimento cotidiano ao conhecimento científico. 5. ed. Porto Alegre: Artmed, 2009.

REZENDE JUNIOR, M. F.; CRUZ, F. F. de S. Física Moderna e Contemporânea na formação de licenciandos em física: necessidades, conflitos e perspectivas. Ciência e Educação, v. 15, n. 2, p. 305-321, 2009.

RODRIGUES, B. A; BORGES, A. T. O ensino de ciências por investigação: uma reconstrução histórica. In: ENCONTRO DE PESQUISA EM ENSINO DE FÍSICA, 11, 2008, Curitiba. Atas...

SÁ, E. F. de; PAULA, H. F.; LIMA, M. E. C. C.; AGUIAR, O. G. de. As características das atividades investigativas segundo tutores e coordenadores de um curso de especialização em ensino de ciências. In: ENCONTRO NACIONAL DE PESQUISA EM ENSINO DE CIÊNCIAS, 6, 2007, Florianópolis. Atas...

SÁ, E. F.; LIMA, M. E. C. de C.; AGUIAR JUNIOR, O. G. A construção de sentidos para o termo Ensino por Investigação no contexto de um curso de formação. Investigações em Ensino de Ciências, v. 16, n. 1, p. 79-102, 2011.

SASSERON, L. H. Alfabetização Científica, Ensino por Investigação e Argumentação: relações entre Ciências da Natureza e escola. Ensaio: Pesquisa em Educação em Ciências, v. 17, n. especial, p. 49-67, nov. 2015.

SASSERON, L. H. Ensino de Ciências por Investigação e o Desenvolvimento de Práticas: Uma Mirada para a Base Nacional Comum Curricular. Revista Brasileira de Pesquisa em Educação em Ciências, v. 18, n. 3, p. 1061-1085, set-dez, 2018.

SASSERON, L. H. Sobre ensinar ciências, investigação e nosso papel na sociedade. Ciência e Educação, v. 25, n. 3, p. 563-567, 2019.

SASSERON, L. H.; DUSCHL, R. A. Ensino de Ciências e as práticas epistêmicas: o papel do professor e o engajamento dos estudantes. Investigações em Ensino de Ciências, v. 21, n. 2, 2016.

SASSERON, L. H.; MACHADO, V. F. Alfabetização científica na prática: inovando a forma de ensinar Física. 1 ed. São Paulo: Editora Livraria de Física, 2017.

SCARPA, D. L.; SASSERON, L. H.; SILVA, M. B. e. O Ensino por Investigação e a Argumentação em Aulas de Ciências Naturais. Tópicos Educacionais, v. 23, p. 7-27, 2017.

SILVEIRA, S.; GIRARDI, M. Desenvolvimento de um kit experimental com Arduíno para o ensino de Física Moderna no Ensino Médio. Revista Brasileira de Ensino de Física, v. 39, n. 4, e4502, 2017.

SOUZA JR., D. R. O ensino de eletrodinâmica em uma perspectiva investigativa: analisando os desdobramentos sobre a aprendizagem dos estudantes. 2014. 121f. Dissertação (Mestrado) - Programa de Pós-Graduação em Ensino de Física, Universidade Federal do Estado do Espírito Santo, Vitória.

SOUZA, V. F. M.; SASSERON, L. H. As interações discursivas no Ensino de Física: A promoção da discussão pelo professor e a Alfabetização Científica pelos alunos. Ciência e Educação, v. 18, p. 593-611, 2012.

SOUZA, A. J. de; ARAÚJO, M. S. T. de. A produção de raios X contextualizada por meio do enfoque CTS: um caminho para introduzir tópicos de FMC no ensino médio. Educar em revista, n. 37, p. 191-209, mai. 2010.

STROUPE, D. Examining classroom science practice communities: How teachers and students negotiate epistemic agency and learn Science as practice. Science Education, Wiley Online Library, v. 98, n. 3, p. 487-516, 2014.

TRAZZI, P. S. da S. Ação mediada em aulas de Biologia: um enfoque a partir dos conceitos de fotossíntese e respiração celular. 2015. 178f. Tese (Doutorado) - Programa de Pós-Graduação em Educação, Universidade Federal do Espírito Santo, Vitória.

VIGOTSKI, L. S. A formação social da mente. São Paulo: Martins Fontes, 1994.

ZÔMPERO, A. F.; LÁBURU, C. E. Atividades investigativas no ensino de Ciências: aspectos históricos e diferentes abordagens. Ensaio: Pesquisa em Educação em Ciências, v. 13, n. 03, p. 67-80, set.-dez. 2011.




DOI: https://doi.org/10.5007/2175-7941.2020v37n1p51

 


Cad. Bras. Ens. Fís. UFSC, Florianópolis, SC, Brasil - - - eISSN 2175-7941 - - - está licenciada sob Licença Creative Commons
> > > > >