SUBMISSÕES PRORROGADAS: "(Re)discutindo sexualidade: corpo, prazer e desejo em tempos conservadores"

Se por um lado, nas últimas décadas, a diversidade sexual tem assumido lugares de visibilidade e reivindicação de direitos, à exemplo das conquistas obtidas por grupos feministas e LGBT, por outro, a virada conservadora que o Brasil vem experimentando recentemente tem incidido diretamente nesses avanços, seja na forma de discursos, indiferença ou negação às necessidades de grupos marginalizados. 

Nesse cenário de conflitos recentes, corpo, prazer e desejo se tornaram objetos de disputas políticas e sociais. Refletir cientificamente sobre esses episódios torna-se uma tarefa essencial, como forma de contribuir para que vozes historicamente silenciadas preservem e/ou reivindiquem seus direitos de existência e de expressão. 

Para o primeiro eixo temático de 2020, a revista INTERthesis lança a chamada “(Re)discutindo sexualidade: corpo, prazer e desejo em tempos conservadores”

Esta chamada abre espaço para a publicação de pesquisas empíricas e reflexões teóricas que se debruçam sobre as temáticas envolvendo sexualidade no Brasil, a partir de uma abordagem interdisciplinar no campo das Ciências Humanas. Os artigos deverão discutir sobre os avanços e conflitos experimentados pelas minorias sexuais no momento contemporâneo, seja na forma de ativismos, subjetividades ou resistências.  

Os trabalhos deverão ser enviados até o dia 30 de julho de 2020 via sistema da revista, obedecendo às diretrizes para autores detalhadas no site da INTERthesis. Ao submeter o artigo, o pesquisador deverá escolher a Seção Artigo “(Re)discutindo sexualidade: corpo, prazer e desejo em tempos conservadores”. 

Os artigos das demais áreas compreendidas pelo foco e escopo da revista seguem com recebimento em fluxo contínuo.