Pedalar na copa 2014 e nas olimpíadas 2016 no Brasil?

Rodrigo Duarte Ferrari, Veronica Piovani

Resumo


  Esse texto é uma aproximação dos projetos da Copa do Mundo da FIFA 2014 e dos Jogos Olimpícos de 2016 que serão sediados no Brasil. A intenção do trabalho é descrever o que está previsto nos projetos desses dois megaeventos em relação à Mobilidade Urbana, assim como analisar essas propostas a partir da perspectiva da promoção e consolidação da bicicleta como meio de transporte no país. Para isso são apresentados: o Projeto Bicicleta Brasil: Avanços e Desafios, que é uma proposta nacional de política pública do uso da bicicleta como opção modal; Os projetos de Mobilidade Urbana das cidades-sedes da Copa de 2014; o projeto de Mobilidade Urbana do Rio de Janeiro para as Olimpíadas de 2016. Por fim, articulam-se os três projetos apresentados com enfase nas possibilidades educacionais e de formação cultural, concluindo-se que a bicicleta como meio de transporte é praticamente desconsiderada em todas as dimensões como alternativa modal nos projetos desses megaeventos sediados no Brasil.

Palavras-chave


Copa do Mundo da FIFA de 2014; Jogos Olimpícos de 2016; Mobilidade Urbana; Bicicletas

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5007/2175-8042.2009n32-33p89



R. Motriviv., Florianópolis, Santa Catarina, Brasil, ISSNe: 2175-8042.

Os textos publicados na Revista Motrivivência estão licenciados com uma Licença Creative Commons de atribuição não comercial compartilhar igual: CC BY-NC-SA