AS REPRESENTAÇÕES SOCIAIS DO ATO PEDAGÓGICO DOS PROFESSORES DE EDUCAÇÃO FÍSICA QUE ATUAM NO ENSINO FUNDAMENTAL NO MUNICÍPIO DO RIO DE JANEIRO

Autores

  • Moebus José Retondar UERJ

DOI:

https://doi.org/10.5007/2175-8042.2009n32-33p211

Palavras-chave:

Educação Física, Representação Social, Município do Rio de Janeiro

Resumo

  O objetivo da pesquisa é identificar as representações sociais do ato pedagógico dos professores de educação física que atuam no ensino fundamental no Município do Rio de Janeiro. Para tal foi feito um levantamento panorâmico e sintético da história da educação física e do contexto da educação física escolar, bem como, a demarcação da noção de representação social. Foi aplicado 1 (um) questionário aberto, com 13 (treze) perguntas, a 16 (dezesseis) professores de educação física, da rede municipal de ensino, da cidade do Rio de Janeiro, que ministram aulas no ensino fundamental, sobre o modo como pensam sua prática e como fundamentam a sua intervenção e a sua profissão. Ao analisarmos os discursos rlandi, identificamos que o professor se auto percebe como um educador e, ao mesmo tempo, demonstra inúmeras contradições teóricas e conceituais entre o seu pensar e o seu fazer. Consegue fundamentar a sua prática por um único viés, que é a psicomotricidade, ainda que verbalize sobre a formação integral do aluno.

Downloads

Publicado

2010-10-13