“Quero ser um atleta rico e famoso”: motivos para a prática esportiva de jovens atletas escolares

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5007/2175-8042.2019e58373

Palavras-chave:

Adolescentes, Prática esportiva, Motivação

Resumo

O objetivo desse estudo foi identificar os motivos para prática esportiva de jovens atletas escolares, além das variáveis: sexo, idade e tempo de treino. Trezentos e sessenta e cinco jovens atletas (216 meninas e 149 meninos; idade 13 anos ± 0,8) foram avaliados mediante instrumento Participation Motivation Questionnaire. O principal motivo para a prática de esporte elencado pelas atletas do sexo feminino foi Competência Técnica (4,38 ± 0,09). Seguido por Aptidão Física (4,07 ± 0,83) e Atividade em Grupo (4,02 ± 0,78). Já para os atletas do sexo masculino, Competência Técnica (4,51 ± 0,51) seguidos por Competição (4,34 ± 0,78) e Atividade em Grupo (4,17 ± 0,74). A diferença entre os meninos e meninas ocorreu nos motivos: Afiliação e relacionamento social (P<0,05). Os jovens atletas atribuíram maior importância para aspectos equivalentes ao aprimoramento das habilidades técnicas, aprender novas habilidades e seguir para um alto nível.

Biografia do Autor

Guilherme Alves Grubertt, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Mato Grosso do Sul.

Mestre em Educação Física pela Universidade Estadual de Londrina (UEL). Professor do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Mato Grosso do Sul. Aquidauana/Mato Grosso do Sul, Brasil. E-mail: guilherme.grubertt@ifms.edu.br

Timothy Cavazzotto, Universidade Estadual de Londrina

Doutor em Educação Física pela Universidade Estadual de Londrina (UEL). Londrina/Paraná, Brasil. E-mail: consultoriacvzt@gmail.com

 

Arnaldo Vaz Junior, Universidade Estadual de Londrina

Mestre em Educação Física pela Universidade Estadual de Londrina (UEL). Professor da Universidade Cristo Rei. Cornélio Procópio/Paraná, Brasil. E-mail: juniorarnaldoef@gmail.com

Mariana Mouad, Universidade Estadual de Londrina

Doutoranda em Educação Física pela Universidade Estadual de Londrina (UEL). Professora do Centro de Educação Física e Esporte - Departamento de Ciências do Esporte da Universidade Estadual de Londrina (UEL). Londrina/Paraná, Brasil. E-mail: marianamouad@hotmail.com

Helio Serassuelo Junior, Universidade Estadual de Londrina

Doutor em Educação Física pela Universidade de São Paulo (USP). Professor do Centro de Educação Física e Esporte - Departamento de Ciências do Esporte da Universidade Estadual de Londrina (UEL). Londrina/Paraná, Brasil. E-mail: heliojr@uel.br

Referências

BALBINOTTI, M. A. A.; JUCHEM, L.; BARBOSA, M. L. L.; SALDANHA, R. P.; BALBINOTTI, C. A. A. Qual é o perfil motivacional característico de tenistas infanto-juvenis brasileiros? Motriz: Revista de Educação Física, v. 18, n. 4, p. 728–734, dez. 2012.

BENTO, G.; FERREIRA, E.; SILVA, F.; MATTANA, P.; SILVA, R. Motivação para a prática de atividades físicas e esportivas de crianças: uma revisão sistemática. Revista Brasileira de Atividade Física & Saúde, v. 22, n. 1, p. 13–23, 1 jan. 2017.

DIESPORTE. BRASIL. Diagnóstico Nacional do Esporte. 2015. Disponível em: <http://www.esporte.gov.br/diesporte/>.

CAPRANICA, L.; MILLARD-STAFFORD, M. L. Youth sport specialization: how to manage competition and training? International journal of sports physiology and performance, v. 6, n. 4, p. 572–9, dez. 2011.

CONCEIÇÃO, D. M. O estudante-atleta: desafios de uma conciliação. 133 p. Dissertação (mestrado em Educação) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências da Educação. Programa de Pós-Graduação em Educação. Florianópolis. 2015.

DAWES, N. P.; VEST, A.; SIMPKINS, S. Youth Participation in Organized and Informal Sports Activities Across Childhood and Adolescence: Exploring the Relationships of Motivational Beliefs, Developmental Stage and Gender. Journal of Youth and Adolescence, v. 43, n. 8, p. 1374–1388. 2014.

DELORME, N.; CHALABAEV, A.; RASPAUD, M. Relative age is associated with sport dropout: evidence from youth categories of French basketball. Scandinavian Journal of Medicine & Science in Sports, v. 21, n. 1, p. 120–128, fev. 2011.

GILL, D. L.; GROSS, J. B.; HUDDLESTON, S. Participation motivation in youth sports. International Journal of Sport Psychology. 14:1-14. 1983.

GUEDES, D. P.; NETTO, J. E. S. Sport Participation Motives of Young Brazilian Athletes. Perceptual and Motor Skills, v. 117, n. 3, p. 742–759, dez. 2013a.

GUEDES, D. P.; SILVÉRIO NETTO, J. E. Participation Motivation Questionnaire: tradução e validação para uso em atletas-jovens brasileiros. Revista Brasileira de Educação Física e Esporte (São Paulo). Jan-Mar;27(1):137-48. 2013b.

JÕESAAR, H.; HEIN, V. Psychosocial Determinants of Young Athletes’ Continued Participation over Time. Perceptual and Motor Skills, v. 113, n. 1, p. 51–66, ago. 2011.

LUCAS, M. P., PEREIRA, B., MONTEIRO, A. O. Desporto Escolar: Dinâmicas e Valores. Atividade Física, Saúde e lazer. O Valor Formativo do Jogo e da Brincadeira (p. 153-165). Braga: Centro de Investigação em Estudos da Criança – Instituto de Educação – Universidade do Minho. 2012.

KOPCAKOVA, J.; VESELSKA, Z. D.; GECKOVA, A. M.; KALMAN, M.; VAN DIJK, J. P.; REIJNEVELD, S. A. Do Motives to Undertake Physical Activity Relate to Physical Activity in Adolescent Boys and Girls? International journal of environmental research and public health, v. 12, n. 7, p. 7656–66, 8 jul. 2015.

PAIM, M. C. C.; PEREIRA, E. F. Teenagers’ motivating factors to the capoeira practice in the school. Motriz, v. 10, n. 3, p. 159–166, 2004.

SIMÕES, A. C. A psicossociologia do vínculo do esporte – adultos, crianças e adolescentes: análise das influências. In: DE ROSE JR, Dante e colaboradores. Esporte e atividade física na infância e na adolescência uma abordagem multidisciplinar (2.ed, pp. 86-102). Porto Alegre. Artmed. 2009.

SMITH, S. B. The Influence of Performance Level and Setting on Collegiate Athletes’ Motivational Profiles. 2007.

WILLIAMS, L. Commitment to sport and exercise: re-examining the literature for a practical and parsimonious model. Journal of Preventive Medicine and Public Health. v. 46, p. S35-S42, 2013.

ZAMBRIN, L. F. Motivos para a prática esportiva e desempenho físico de jovens atletas de futebol e voleibol: Relação com crescimento e maturação. (2015). 75 p. Dissertação (Mestrado em Educação Física) – Centro de Educação Física e Esporte, Universidade Estadual de Londrina, Londrina, 2015.

Downloads

Publicado

2019-09-24