Conteúdos pedagógicos nas competições infantojuvenis de futebol e futsal: um estudo comparativo

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5007/2175-8042.2020e71704

Palavras-chave:

Esportes, Competição, Ensino, Futebol, Futsal

Resumo

Este estudo tem como objetivo descrever e comparar os níveis de favorecimento ao desenvolvimento de conteúdos pedagógicos nas competições infantojuvenis de futebol e futsal, a partir da opinião de treinadores. Foi aplicada a Bateria de Testes Gonçalves-Balbinotti de Favorecimento ao Desenvolvimento de Conteúdos Pedagógicos do Esporte Infantojuvenil (BTGB-CP). Participaram do estudo 32 treinadores de futebol (n = 16) e futsal (n = 16) brasileiros, que atuam com crianças e jovens participantes de competições das respectivas modalidades. De modo geral, as competições de futebol e futsal parecem contribuir de forma satisfatória para o desenvolvimento dos conteúdos pedagógicos: Habilidades Motoras; Estratégico-Tático; Socioeducativo; Autonomia; Afetivo-social; Democratização. Entretanto, os resultados evidenciaram que as competições de futsal contemplam o desenvolvimento de conteúdos pedagógicos em maior quantidade e nível quando comparado ao futebol.

Biografia do Autor

Gabriel Henrique Treter Gonçalves, Universidade do Estado de Santa Catarina - UDESC

Doutor em Ciências do Movimento Humano (UFRGS);

Universidade do Estado de Santa Catarina - UDESC, Departamento de Educação Física

Rodrigo Vieira Bulso, Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Mestre em Ciências do Movimento Humano (UFRGS);

Universidade Federal do Rio Grande do Sul - UFRGS, Programa de Pós-Graduação em Ciências do Movimento Humano

Leandro Teixeira Floriano, Universidade do Estado de Santa Catarina

Mestre em Educação Física (UFSC);

Universidade do Estado de Santa Catarina - UDESC, Departamento de Educação Física

Carlos Adelar Abaide Balbinotti, Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Doutor em Ciências do Desporto (Universidade do Porto);

Universidade Federal do Rio Grande do Sul - UFRGS, Programa de Pós-Graduação em Ciências do Movimento Humano

Referências

ALVES, Evilin Mayane Aparecida de Freitas; RODRIGUES, Luana Alves Ribeiro; VIEIRA, Martha Bezerra. A influência no desenvolvimento sócio-afetivo na aprendizagem de escolares na Educação Física Infantil. Revista Digital EFDeportes, Buenos Aires, v. 182, n. 18, 2013. Disponível em: http://www.efdeportes.com/efd182/desenvolvimento-socio-afetivo-na-educacao-fisica.htm. Acesso em: 22 jun. 2019.

ANASTASI, Anne; URBINA, Susana. Testagem Psicológica. Porto Alegre: Artes Médicas, 2000.

ARENA, Simone Sagres; BÖHME, Maria Tereza. Federações esportivas e organização de competições para jovens. Revista Brasileira de Ciências e Movimento, Brasília, v. 12, n. 4, p. 45-50, 2004.

BALBINOTTI, Marcos Alencar Abaide. Para se avaliar o que se espera: reflexões acerca da validade dos testes psicológicos. Aletheia, v. 1, n. 21, p. 43-52, 2005.

BALBINOTTI, Marcos Alencar Abaide. Vers un modèle explicatif de la cristallisation des préférences professionnelles durant l’adolescence. 2001. Tese (Doutorado) - Programa de PhD em Psicologia, Universidade de Montreal, Montreal, 2001.

BALDI, Marcelo Figueiró et al. Análise das ações técnico-táticas em jogos reduzidos no futebol. Arquivos de Ciências da Saúde da Unipar, v. 20, n. 1, p. 43-49, 29 jul. 2016. http://dx.doi.org/10.25110/arqsaude.v20i1.2016.5030.

BALDI, Marcelo Figueiró; FARIA, Bruna Scotti; SILVA, Juliana Roberta da. Efeito do número de jogadores nas ações técnico-táticas em jogos reduzidos no futebol. Arquivos de Ciências da Saúde da Unipar, v. 21, n. 3, p. 169-174, 19 fev. 2018.

BERGERON, Michael et al. International Olympic Committee consensus statement on youth athletic development. British Journal of Sports Medicine, v. 49, n. 13, p. 843-851, 2015. http://dx.doi.org/10.1136/bjsports-2015-094962.

CANADIAN SOCCER ASSOCIATION. Long-Term Player Development: A Community Guide. 2014. Disponível em: https://www.canadasoccer.com/files/CanadaSoccerPathway_LTPDCommunityGuide_EN_20140623.pdf. Acesso em: 21 jan. 2019.

CARRON, Albert; BRAWLEY, Laurence; WIDMEYER, W. Neal. The measurement of cohesiveness in sport groups. In: DUDA, Joan. (Ed.). Advances in sport and exercise psychology measurement. Morgantown, WV: Fitness Information Technology, 1998. p. 213-226.

CARRON, Albert; BRAY, Steven; EYS, Mark. Team cohesion and team success in sport. Journal of Sports Sciences, v. 20, n. 2, p. 119-126, 2002. http://dx.doi.org/10.1080/026404102317200828.

CLEMENTE, Filipe Manuel et al. The usefulness of small-sided games on soccer training. Journal of Physical Education and Sport, v. 12, n. 1, p. 93-102, 2012. http://dx.doi.org/10.7752/jpes.2012.01015.

CÔTÉ, Jean; HANCOCK, David. Evidence-based policies for youth sport programmes. International Journal of Sport Policy and Politics, v. 8, n. 1, p.51-65, 2014. http://dx.doi.org/10.1080/19406940.2014.919338.

CUNHA, Jurema Alcides. Psicodiagnóstico-R. 5ª ed. rev. Porto Alegre: Artes Médicas Sul; 2000.

DECI, Edward; RYAN, Richard. The “what” and “why” of goal pursuits: Human needs and the self-determination of behavior. Psychological Inquiry, v. 11, n. 4, p. 227-268, 2000.

DEUTSCHER FUSSBALL-BUND. FairPlayLiga. 2014 Disponível em: https://www.badfv.de/files//Dokumente/2.08_Breitensport/Fair-Play-Liga_Infoblatt.pdf. Acesso em: 23 fev. 2019.

ESPÍRITO-SANTO, Helena; DANIEL, Fernanda. Calcular e apresentar tamanhos do efeito em trabalhos científicos: as limitações do p < 0,05 na análise de diferenças de médias de dois grupos. Revista Portuguesa de Investigação Comportamental e Social, v. 1, n. 1, p. 3-16, 2015.

FEDERAÇÃO PAULISTA DE FUTEBOL. Competições: Sub 11. Disponível em: http://2016.futebolpaulista.com.br/Competi%C3%A7%C3%B5es/Organizadas+pela+FPF/Paulista+Sub+11/2016/Regulamento. Acesso em: 28 fev. 2019.

GARCÍA-ANGULO, Antonio et al. Effect of the Modification of the Number of Players, the Size of the Goal, and the Size of the Field in Competition on the Play Actions in U-12 Male Football. International Journal of Environmental Research and Public Health, v. 17, n. 2, p. 518, 2020.

GAYA, Adroaldo; TORRES, Lisiane. O esporte na infância e na adolescência: alguns pontos polêmicos. In: GAYA, Adroaldo; MARQUES, Antonio; TANI, Go. (orgs.). Desporto para Crianças e Jovens: Razões e Finalidades. Porto Alegre: UFRGS, 2004. p. 57-74.

GONÇALVES, Gabriel Henrique Treter. Gestão Pedagógica de Competições Esportivas Infantojuvenis: proposição de uma bateria de testes de medida de Conteúdos Pedagógicos. 2018. 225 f. Tese (Doutorado) - Curso de Programa de Pós-graduação em Ciências do Movimento Humano, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2018.

GONÇALVES, Gabriel Henrique Treter; BALBINOTTI, Marcos Alencar Abaide. Bateria de Testes Gonçalves-Balbinotti de Favorecimento ao Desenvolvimento de Conteúdos Pedagógicos no Esporte Infantojuvenil (BTGB-CP). Núcleo de Pesquisa em Psicologia e Pedagogia do Esporte (NP3 Esporte), 2016.

LEONARDO, Lucas; SCAGLIA, Alcides José. A avaliação de competições esportivas de jovens: definição de categorias e aplicações ao handebol. Movimento, Porto Alegre, v. 24, n. 3, p. 875-888, 2018.

MARQUES, António. (2004). Fazer da Competição dos mais Jovens um Modelo de Formação e Educação. In: GAYA, Adroaldo, MARQUES, António, TANI, Go. (orgs.). Desporto para Crianças e Jovens: Razões e Finalidades. Porto Alegre: UFRGS, 2004. p. 75-96.

MIGUEL, Henrique; PINTO, José Guilherme Vicente. Os jogos reduzidos no futsal e sua influência em ações táticas e técnicas em alunos da categoria sub 13. Revista Brasileira de Futsal e Futebol, v. 10, n. 39, p. 455-461, 2018.

MILISTETD, Michel et al. Análise da organização competitiva de crianças e jovens: adaptações estruturais e funcionais. Revista Brasileira de Ciências do Esporte, v. 36, n. 3, p. 671-678, 2014. http://dx.doi.org/10.1590/2179-325520143630012.

NEWTON, Maria; DUDA, Joan; YIN, Zenong. Examination of the psychometric properties of the Perceived Motivational Climate in Sport Questionnaire - 2 in a sample of female athletes. Journal of Sports Sciences, v. 18, n. 4, p. 275-290, 2000. http://dx.doi.org/10.1080/026404100365018.

PASQUALI, Luiz. Instrumentação psicológica: fundamentos e prática. Porto Alegre: Artmed, 2010.

PESTANA, Maria Helena; GAGEIRO, João Nunes. Análise de Dados para Ciências Sociais: A complementaridade do SPSS. 6ª ed. Lisboa: Edições Silabo, 2014.

RÉ, Alessandro Hervaldo Nicolai; JUNIOR, Dante de Rose; BÖHME, Maria Tereza. Stress and competitive level: considerations about youth futsal players. Revista Brasileira de Ciência e Movimento, v. 12, n. 4, p. 83-87, 2004.

REIS, Harry et al. Daily Well-Being: The Role of Autonomy, Competence, and Relatedness. Personality and Social Psychology Bulletin, v. 26, n. 4, p. 419-435, 2000. http://dx.doi.org/10.1177/0146167200266002.

REVERDITO, Riller Silva et al. Competições Escolares: Reflexão e ação em Pedagogia do Esporte para fazer a diferença na escola. Pensar a Prática, v. 1, n. 11, p. 37-45, 2008.

RYAN, Richard; DECI, Edward. Active Human Nature: Self-Determination Theory and the promotion and maintenance of sport, exercise, and health. In: HAGGER, Martin; CHATZISARANTIS, Nikos. (Ed.). Intrinsic motivation and self-determination in exercise and sport. Champaign: Human Kinetics, 2007. p. 1-19.

SALDANHA, Ricardo Pedroso et al. Atitudes morais de atletas juvenis no esporte de competição: um estudo com praticantes do Futebol de Campo. Revista Brasileira de Futsal e Futebol, v. 10, n. 39, p. 428-438, 2018.

SILVA, Marcelo Vilhena; GRECO, Pablo Juan. A influência dos métodos de ensino-aprendizagem e treinamento no desenvolvimento da inteligência e criatividade tática em atletas de futsal. Revista Brasileira de Educação Física e Esporte, v. 23, n. 3, p. 297-307, 2009.

SILVA, Marcelo Vilhena et al. Estratégia e tática no Futsal: uma análise crítica. Caderno de Educação Física e Esporte, Marechal Cândido Rondon, v. 19, n. 10, p. 75-84, 2011.

SONNENSCHEIN, Philipp. DIE FAIRPLAY-LIGA: Eine explorative Studie im Fußballkreis Essen. 2017. 127 f. Dissertação (Mestrado) - Curso de Educação, Nstitut Für Sport - Und Bewegungswissenschaften, Universität Duisburg-essen, Duisburg, 2017.

SOUZA, Adriano de; SCAGLIA, Alcides José. A Pedagogia do Esporte. In: Comissão de Especialistas – ME. Dimensões pedagógicas do esporte. Brasília: UNB/Cad, 2004. p. 6-53.

TANI, Go; CORRÊA, Umberto Cesar. Aprendizagem motora e o ensino do esporte. São Paulo: Edgard Blutcher, 2016.

VERMEULEN, Jeroen; VERWEEL, Paul. Participation in sport: bonding and bridging as identity work. Sport in Society, v. 12, n. 9, p. 1206-1219, 2009. http://dx.doi.org/10.1080/17430430903137886.

WIERSMA, Lenny. Reformation or Reclassification? A Proposal of a Rating System for Youth Sport Programs. Quest, v. 57, n. 4, p. 376-391, 2005. http://dx.doi.org/10.1080/00336297.2005.10491863.

Downloads

Publicado

2020-10-01

Edição

Seção

Artigos Originais