POLÍTICA DE LAZER E O ESPAÇO URBANO: a experiência da revitalização do Cais da Aurora em Recife-PE

Janaína de Aguiar Loureiro, Vânia Rocha F. de Paiva Souza

Resumo


O objetivo deste trabalho é compreender a perspectiva de política de lazer desenvolvida pela Prefeitura do Recife (na gestão 2001-2004), a partir do olhar para o espaço urbano, tendo como referência a experiência da revitalização do Cais da Aurora, um espaço público de lazer da cidade. Levou-se em consideração, além da abordagem contemporânea sobre o lazer e a recente história do desenvolvimento das políticas sociais, o processo de participação popular que desencadeou a realização da obra. A análise deste processo envolveu diversas questões relativas aos elementos do lazer, questões para o despertar da cidadania e outros fatores que são encontrados no contato direto entre as esferas da realidade social. Constatou-se que, apesar do esporte e lazer não constituírem uma prioridade, existe um direcionamento da política local neste setor que proporciona a superação do modelo autoritário e excludente, com vistas à democratização das manifestações da cultura corporal.

Palavras-chave


Lazer; Políticas Públicas; Espaço urbano

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5007/%25x



R. Motriviv., Florianópolis, Santa Catarina, Brasil, ISSNe: 2175-8042.

Os textos publicados na Revista Motrivivência estão licenciados com uma Licença Creative Commons de atribuição não comercial compartilhar igual: CC BY-NC-SA