Educação Física e Saúde Coletiva: duas lições que a pandemia nos ensina sobre a importância desse enlace

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5007/2175-8042.2022.e89853

Palavras-chave:

Educação física, Saúde, Saúde coletiva, Covid-19, Pandemia

Resumo

A pandemia de Covid-19 ceifou centenas de milhares de vidas no Brasil. Ações de enfrentamento e práticas de prevenção exigiram adequações na organização do trabalho e do lazer. A prática de atividade física foi um dos hábitos afetados e, consequentemente, os cenários de atuação de profissionais de Educação Física também. O texto apresenta uma leitura crítica sobre os impactos da pandemia para argumentar em favor da importância do enlace entre Educação Física e Saúde Coletiva. Serão problematizadas duas duras lições que a pandemia nos impõe sobre a relação saúde e sociedade de forma ampla, para depois traçar um paralelo ao contexto da Educação Física. Conclui-se que uma maior aproximação da Educação Física com a Saúde Coletiva contribui para que a concepção de saúde que irá operar em seus diferentes cenários de atuação esteja alinhada com a defesa da vida, o respeito a diferença, a justiça social, a amorosidade e a vitalidade.

Biografia do Autor

Felipe Wachs, UNIFESP

Doutor em Ciências do Movimento Humano Universidade Federal de São Paulo, Instituto Saúde e Sociedade, Departamento Saúde, Clínica e Instituições, Santos/Brasil

Referências

ARAÚJO, Edna Maria de, et al. Morbimortalidade pela Covid-19 segundo raça/cor/etnia: a experiência do Brasil e dos Estados Unidos. Saúde em Debate, Rio de Janeiro, v.44, Especial 4, p.191-205, dez. 2020. https://doi.org/10.1590/0103-11042020E412

Associação Brasileira de Atividade Motora Adaptada. Colégio Brasileiro de Ciências Do Esporte. Sociedade Brasileira de Biomecânica. Sociedade Brasileira de Atividade Física e Saúde. Carta aberta sobre a reabertura de academias para as práticas corporais e atividades físicas no contexto da pandemia. 08 de junho de 2020. Disponível em: < https://www.cbce.org.br/upload/biblioteca/Carta_coletivo_8-6-2020.pdf > . Acesso em: 23 jun 2022.

BARATA, Rita Barradas. Desigualdades sociais e saúde. In: CAMPOS, Gastão Wagner de Sousa et al. (Orgs.). Tratado de Saúde Coletiva. São Paulo: Hucitec, 2015. p.483-512.

BARROSO, Hayeska Costa. GAMA, Mariah Sá Barreto. A crise tem rosto de mulher: como as desigualdades de gênero particularizam os efeitos da pandemia do Covid-19 para as mulheres no Brasil. Revista do CEAM, v.6, n.1, p.84-94, 2020. https://doi.org/10.5281/zenodo.3953300

BRASIL. Decreto 10.344 de 11 de maio de 2020. Altera o Decreto nº 10.282, de 20 de março de 2020, que regulamenta a Lei nº 13.979, de 6 de fevereiro de 2020, para definir os serviços públicos e as atividades essenciais. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2019-2022/2020/decreto/D10344.htm#:~:text=DECRETO%20N%C2%BA%2010.344%2C%20DE%2011,p%C3%BAblicos%20e%20as%20atividades%20essenciais. Acesso em: 07 dez 2021.

CARVALHO, Fábio Fortunato Brasil de. SILVA, Rodolfo Guimarães da. OLIVEIRA, Ricardo Brandão. A essencialidade das academias de ginástica para a saúde diante da pandemia da COVID-19 no Brasil. Revista Brasileira de Atividade Física e Saúde, v.25, 2020, 5p. https://doi.org/10.12820/rbafs.25e0116

GOES, Emanuelle Freitas. RAMOS, Dandara de Oliveira. FERREIRA, Andrea Jacqueline Fortes. Desigualdades raciais e a pandemia de Covid-19. Trabalho, Educação e Saúde, Rio de Janeiro, v.18, n.3, 7p., 2020. https://doi.org/10.1590/1981-7746-sol00278

HALLAL, Pedro C. SOS Brazil: Science under attack. The Lancet, v.397, n.10272, p.373-374, 2021. https://doi.org/10.1016/S0140-6736(21)00141-0

INSFRAN, Fernanda Fochi Nogueira. MUNIZ, Ana Guimarães Correa Ramos. Maternagem e Covid-19: desigualdade de gênero sendo reafirmada na pandemia. Diversitates International Jounal, v.12, n.2, p.26-47, 2020. https://doi.org/10.53357/AMOC4868

KNUTH, Alan Goularte. CARVALHO, Fábio Fortunato Brasil de. FREITAS, Débora Duarte. Discursos de instituições de saúde brasileiras sobre atividade física no início da pandemia de COVID-19. Revista Brasileira de Atividade Física e Saúde, v.25, 2020, 9p. https://doi.org/10.12820/rbafs.25e0122

LOCH, Mathias Roberto. RECH, Cassiano Ricardo. COSTA, Filipe Ferreira da. A urgência da Saúde Coletiva na formação em Educação Física: lições com o COVID-19. Revista Brasileira de Atividade Física e Saúde, v.25, 2020. https://doi.org/10.1590/1413-81232020259.19482020

MBEMBE, Achille. Necropolítica. São Paulo: N-1, 2020.

MINAYO, Maria Cecília de Souza. FREIRE, Neyson Pinheiro. Pandemia exacerba desigualdades na saúde. Ciência & Saúde Coletiva, v.25, n.9, p.3555-3556, 2020. https://doi.org/10.1590/1413-81232020259.13742020

NUNES, Everardo Duarte. Saúde Coletiva: uma história recente de um passado remoto. In: CAMPOS, Gastão W.S. et al. (Orgs.). Tratado de Saúde Coletiva. São Paulo: Hucitec, 2015. p.17-37.

PACZEK, Rosaura Soares. DUARTE, Érica Rosalba Mallamann. FERLA, Alcindo Antônio. Pensando sobre a necropolítica na pandemia. In: MARTINS, Aline Blaya. PILOTTO, Luciane Maria. BITENCOURT, Renata Riffel. GUARNIERI, Jaqueline Miotto. FERLA, Alcindo Antônio (Orgs.). A pandemia e a saúde coletiva: produzindo conhecimentos e tecnologias no cotidiano. São Leopoldo: Oikos, 2021. Disponível em: https://www.ufrgs.br/ppgsaudecoletiva/wp-content/uploads/2021/06/A-pandemia-e-a-sau%CC%81de-coletiva.pdf . Acesso em: 23 jun 2022.

PALMA, Alexandre. ESPÍRITO-SANTO, Giannina do. WACHS, Felipe. OLIVEIRA, Victor. A Educação Física e saúde em tempos de pandemias. In: VAGO, Tarcísio Mauro. LARA, Larissa Michelle. MOLINA NETO, Vicente (Orgs.). Educação Física e esporte no tempo presente: desmonte dos processos democráticos, desvalorização da ciência, da educação e ações em defesa da vida. Maringá: Eduem, 2021. Disponível em: https://old.cev.org.br/arquivo/biblioteca/4062705.pdf . Acesso em: 23 jun 2022.

PILLAY, Navanethem. Right to health and the Universal Declaration of Human Rights. The Lancet, v.372, December 13, 2008, p.2005-2006. https://doi.org/10.1016/S0140-6736(08)61783-3

PINHEIRO, Maria Rosângela Dias. CAMINHA, Iraquitan de Oliveira. Assédio sexual de mulheres praticantes de musculação: impactos no seu cotidiano. Interface, v.25, 18p., 2021. https://doi.org/10.1590/interface.200819

PIRES, L. N.; CARVALHO, L.; XAVIER, L. L. COVID-19 e desigualdade: a distribuição dos fatores de risco no Brasil. Cebes. Centro Brasileiro de Estudos de Saúde. 6 abr. 2020. Disponível em: http://cebes.org.br/2020/04/covid-19-edesigualdade-no-brasil/ . Acesso em: 27 set. 2020.

REIS, Ana Paula dos et al.. Desigualdades de gênero e raça na pandemia de Covid-19: implicações para o controle no Brasil. Saúde em Debate, v.44, n. Especial 4, p.324-340, 2020. https://doi.org/10.1590/0103-11042020E423

RIZOTTO, Maria Lucia Frizon. A reafirmação da democracia e do direito universal a saúde em tempos de ultraneoliberalismo. Ciência & Saúde Coletiva, v.23, n.6, p.1717-1718, 2018. https://doi.org/10.1590/1413-81232018236.05682018

RODRIGUES, Phillipe Augusto Ferreira et al.. Condições e prática de atividades física em adultos e idosos: uma revisão sistemática. Revista Brasileira de Atividade Física e Saúde, v.22, n.3, p.217-232, 2017. https://doi.org/10.12820/rbafs.v.22n3p217-232

SILVA, Juliana Márcia Santos. CARDOSO, Vanessa Clemente. ABREU, Kamila Eulálio. SILVA, Lívia Souza. A feminização do cuidado e a sobrecarga da mulher-mãe na pandemia. Revista Feminismos, v.8, n.3, p.149-161, 2020. Disponível em: < https://periodicos.ufba.br/index.php/feminismos/article/view/42114/23913> , Acesso em: 23 jun 2022.

SIMPSON, Richard J. Exercise, Immunity, and the COVID-19 Pandemic. Março 30, 2020. Disponível em: < https://www.acsm.org/home/featured-blogs---homepage/acsm-blog/2020/03/30/exercise-immunity-covid-19-pandemic >. Acesso em: 10 dez 2021.

WORLD HEALTH ORGANIZATION. Global action plan on physical activity 2018-2030. Genebra: WHO, 2018. Disponível em: < https://apps.who.int/iris/bitstream/handle/10665/272722/9789241514187-eng.pdf> . Acesso em: 23 jun 2022.

Downloads

Publicado

2022-07-01

Edição

Seção

Seção Temática