A oficina de sexualidade como busca por uma prática convivencial

Autores

  • Ana Maria Hoepers Preve Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC), Florianópolis

DOI:

https://doi.org/10.5007/%25x

Palavras-chave:

Educação sexual, dispositivo, sexualidade, oficina

Resumo

O ensaio pretende mostrara constituição de uma prática recente
chamada Educação Sexual, considerada aqui uma invenção, um produto do atual momento histórico, e que funcionaria como um dispositivo, segundo Michel Foucault, produtor de uma sexualidade responsável e bem comportada. São feitos alguns encaminhamentos sobre a possibilidade de um "trabalho educativo em sexualidade", através de uma prática apoiada
numa idéia, desenvolvida por Ivan Lllich, de relação convivencial.

Biografia do Autor

Ana Maria Hoepers Preve, Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC), Florianópolis

Graduação em Biologia (1992) e mestrado em Educação (1997) pela Universidade Federal de Santa Catarina. É professora efetiva no Curso de Geografia da Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC) e doutoranda em Educação na UNICAMP. Mais informações: http://lattes.cnpq.br/6730026617590457

Downloads

Publicado

1997-01-01