A experiência estadunidense das ações afirmativas: uma análise à luz da teoria da igualdade de Ronald Dworkin

Autores

  • Wilma de Nazaré Baía Coelho

DOI:

https://doi.org/10.5007/2175-795X.2010v28n1p63

Palavras-chave:

Dworkin, Ronald, Ensino Superior, Igualdade

Resumo

A teoria da igualdade de Ronald Dworkin se baseia no primado da igualdade
de recursos, como faceta da justiça distributiva, compatível com uma sociedade liberal fraterna, baseada em um princípio político da igual consideração de todos seus membros. Nesse sentido, o artigo visa a interpretar algumas decisões da Suprema Corte dos EUA sob a luz da teoria de Dworkin, assim como tecer breves comentários acerca das mais recentes decisões do referido Tribunal sobre as políticas de ações afirmativas. Por fim, algumas considerações serão tecidas acerca de uma possível aplicação da teoria da igualdade liberal de Dworkin em nosso país.

Downloads

Publicado

2010-06-03