Saberes e representações: práticas de letramento em aulas de língua materna

Autores

  • Maria Angela Paulino Teixeira Lopes PUC-Minas

DOI:

https://doi.org/10.5007/2175-795X.2010v28n2p489

Resumo

Sob uma perspectiva sociointeracionista de análise, este artigo objetiva demonstrar as relações existentes entre concepções e representações de agir docente e seus efeitos sobre os modos de didatização e as práticas de letramento, no ensino de língua materna. Para a demonstração da investigação foram considerados dados coletados em áudio e vídeo, em aulas de língua portuguesa, ao longo de quatro semanas, além de questionários, entrevistas semidirigidas e de autoconfrontação, realizados com professores de língua materna da Educação Básica.

Downloads

Publicado

2010-07-14