O debate sobre as desigualdades e diferenças sociais na educação no Brasil: significados e contradições

Autores

  • Lindomar Wessler Boneti Pontifícia Universidade Católica do Paraná

DOI:

https://doi.org/10.5007/2175-795X.2013v31n1p261

Resumo

O artigo analisa o contexto histórico e as circunstâncias sociais da origem do debate sobre as desigualdades e diferenças sociais na educação no Brasil. O argumentocentral utilizado tem como base o pressuposto de que o debate sobre as desigualdadese diferenças sociais na educação tem origem a partir de duas dinâmicas interligadas do mundo social: a construção histórica do arcabouço institucional da educação (normas, regras e valores), e os novos processos sociais ocorridos ao longo da históriabrasileira, que fomentam novos fins e significados ao fazer educacional, no qual se situa efetivamente a origem do debate analisado. Argumenta-se que, no processohistórico da consolidação do pensamento científico dominante dos dias atuais, foram sendo liberados ingredientes para a formação do conceito de cientificidade, originados especialmente nas ciências da natureza e apropriados pela classe burguesa como mecanismos de distinção de classe. Tais ingredientes, como é o caso da noçãode cientifi cidade, evolução e homogeneidade, traduzem a ideia de “normalidade” e“civilidade” constantes no arcabouço institucional da educação. Assim, considera-seque mesmo a institucionalização da educação, que tem como parâmetro o “modelocivilizatório” burguês europeu, mantendo-se inalterada, novos processos sociais, como é o caso das diferentes dinâmicas econômicas, sociais e culturais, delineiam novos contornos para os fins e significações da educação, de onde nasce o debate sobre as diferenças e desigualdades sociais na educação.

Biografia do Autor

Lindomar Wessler Boneti, Pontifícia Universidade Católica do Paraná

Doutor em Sociologia pela Université Laval, Quebec, Canadá. Professor e pesquisador do Programa de Pós-Graduação em Educação (Mestrado e Doutorado) da Pontifícia Universidade Católica do Paraná – PUC/PR. Pesquisador da Associação Internacional de Sociólogos de Língua Francesa, no Comitê de Pesquisa “Identidade, Desigualdades e Laços Sociais”.

Downloads

Publicado

2013-04-30

Como Citar

Wessler Boneti, L. (2013). O debate sobre as desigualdades e diferenças sociais na educação no Brasil: significados e contradições. erspectiva, 31(1), 261–282. https://doi.org/10.5007/2175-795X.2013v31n1p261

Edição

Seção

Artigos de Demanda Contínua