Aprender e ensinar a autogestão: espaços/tempos do trabalho de produzir a vida associativamente

Lia Tiriba, Maria Clara Bueno Fischer

Resumo


O objetivo do artigo é apresentar questões teórico-metodológicas do campo de pesquisa Trabalho e Educação e, particularmente, sobre produção associada, autogestão e saberes do trabalho associado. Depois de considerar as formas que tem assumido o trabalho no regime de acumulação flexível, especial atenção é dada aos

espaços/tempos do trabalho de produzir a vida associativamente: a) Espaços/tempos revolucionários – quando são produzidas mudanças estruturais na sociedade, verifica-se a dualidade de poderes ou o confronto entre capital e trabalho se manifesta por meio de revoltas e rebeliões; b) Espaços/tempos da atual crise do capital e do trabalho
assalariado, nos quais as estratégias associativas de trabalho se configuram como parte integrante da economia popular solidária; c) Espaços/tempos das culturas milenares das comunidades e povos tradicionais. A partir de produção científica anterior e dos resultados de uma pesquisa em andamento, nos dedicamos ao terceiro espaço/tempo para argumentar que a produção associada é, possivelmente, a principal escola para o aprendizado da autogestão do trabalho e da vida social. Enfatiza-se que, emergindo ou se mantendo em sociedades hegemonizadas pelo capital, essas experiências
implicam no formar-se, individual e coletivamente, em meio à contradição vital entre a sociabilidade do capital e outras formas econômico-culturais marcadas pela valorização do trabalho. A perspectiva do materialismo histórico de E. P. Thompson,
as mediações de primeira e segunda ordem de István Mézsáros e os conceitos de produção associada, autogestão e saberes do trabalho associado, das autoras, sustentam as reflexões apresentadas.


Palavras-chave


Trabalho e educação; Produção associada e autogestão; Saberes do trabalho associado

Texto completo:

PDFA


DOI: https://doi.org/10.5007/2175-795X.2013v31n2p527



Direitos autorais 2014 Lia Tiriba, Maria Clara Bueno Fischer

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Perspectiva, Florianópolis, Santa Catarina, Brasil. ISSN print 0102-5473, ISSN 2175-795X.

Recomendamos o uso do browser Firefox_Mozilla como navegador do portal .

Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.