A linguagem escrita: uma história de sua pré-história na infância

Autores

  • Ana Maria Esteves Bortolanza UNIUBE
  • Selma Aparecida Ferreira da Costa Secretaria Municipal de Educação de Uberaba

DOI:

https://doi.org/10.5007/2175-795X.2016v34n3p928

Palavras-chave:

Apropriação da cultura escrita, Pré-história da escrita, Educação infantil

Resumo

Este artigo apresenta parte de uma pesquisa cujo objetivo é explicar o processo de apropriação da cultura escrita pelas crianças na educação infantil, de acordo com a organização das atividades de escrita que lhes são propiciadas no ambiente escolar. Para compreender esse processo foi realizado um experimento pedagógico em uma turma de crianças de cinco anos de idade, numa escola pública, na cidade de Uberaba/MG. A dimensão teórico-metodológica deste estudo fundamenta-se nos princípios do desenvolvimento humano apresentados pela Teoria Histórico-Cultural, que traz em seu bojo a Teoria da Atividade e a importância da mediação. A proposta de uma intervenção didática, realizada por meio do experimento pedagógico, objetivou descrever, compreender e explicar o processo de apropriação da cultura escrita a partir da realização de atividades organizadas de maneira a criar condições favoráveis para o desenvolvimento do processo em suas particularidades constitutivas, para que fosse possível provocar e observar os diferentes estágios por que passam a criança na pré-história de sua escrita. Ao delinear os caminhos percorridos por ela neste processo, oportunizou as condições necessárias para utilização da escrita em sua funcionalidade social, valendo-se da atividade guia do desenvolvimento, nesta faixa etária, que é a brincadeira de papeis sociais. A análise dos dados apontou indícios de que uma ação pedagógica, devidamente planejada e mediada, cria as circunstâncias que possibilitam a efetivação do processo de apropriação da escrita em sua funcionalidade social, propiciando uma mudança qualitativa na relação da criança com esse tipo de linguagem, pois ela apresenta a necessidade de escrever.

Biografia do Autor

Ana Maria Esteves Bortolanza, UNIUBE

Doutora em Educação pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (UNESP). Professora da Universidade de Uberaba (UNIUBE).

Selma Aparecida Ferreira da Costa, Secretaria Municipal de Educação de Uberaba

Mestra em Educação pela Universidade de Uberaba (UNIUBE). Doutoranda em Educação pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (UNESP). Professora Formadora da Secretaria Municipal de Educação de Uberaba.

Downloads

Publicado

2017-02-23