Cerletti leitor de Montaigne: o ensino de filosofia como estímulo à pergunta

Cleber Duarte Coelho

Resumo


Este texto objetiva apresentar algumas reflexões oriundas da prática de ensino na disciplina de Filosofia no Ensino Médio, bem como a experiência docente na disciplina Seminário de Ensino de Filosofia no curso de Licenciatura em Filosofia da Universidade Federal de Santa Catarina. Além disso, estabelece-se algumas digressões sobre aquilo que se entende ser uma falsa dicotomia: formação para pesquisa versus formação para a docência. Sendo assim, apresenta-se Montaigne e Cerletti como incentivadores de uma pedagogia da pergunta, buscando ir além de uma experiência docente voltada para a mera reprodução técnica de conteúdos. Desse modo, entende-se que é preciso superar a exigência acrítica dos conteúdos filosóficos por parte dos alunos, sendo fundamental estimulá-los à formulação de perguntas e construção de uma postura reflexiva.


Palavras-chave


Filosofia; Ensino; Pergunta

Texto completo:

PDFA


DOI: https://doi.org/10.5007/2175-795X.2017v35n4p1076



Direitos autorais 2018 Cleber Duarte Coelho

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Perspectiva, Florianópolis, Santa Catarina, Brasil. ISSN print 0102-5473, ISSN 2175-795X.

Recomendamos o uso do browser Firefox_Mozilla como navegador do portal .

Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.