Na produtiva confluência entre educação e comunicação, as pedagogias culturais contemporâneas

Marisa Vorraber Costa, Paula Deporte de Andrade

Resumo


O artigo apresenta uma discussão sobre a produtividade do conceito de pedagogias culturais em estudos brasileiros que aproximam educação e comunicação. Analisa-se, em teses e dissertações, como os pesquisadores operam com o conceito e o que conseguem mostrar acerca dos modos como se engendram as pedagogias que formam os sujeitos do presente. O corpus de análise foi composto por doze trabalhos coletados no banco de teses e dissertações da CAPES. O referencial teórico do estudo é subsidiado por autores que tratam de pedagogia e de pedagogias culturais, como Jorge Larrosa (1994), Steinberg e Kincheloe (2004), Giroux (1994), Fischer (1997), Camozzato (2012), dentre outros. Os resultados da análise foram aglutinados em três modos de operação das pedagogias culturais apontados nas pesquisas investigadas: a) representação de modos de ser sujeito; b) acionamento de complexo mercantil midiático; c) acionamento de técnicas de cuidados de si.


Palavras-chave


Comunicação e Educação; Pedagogias culturais; Mídia e Educação

Texto completo:

PDF/A


DOI: https://doi.org/10.5007/2175-795X.2015v33n2p843



Direitos autorais 2016 Marisa Vorraber Costa, Paula Deporte de Andrade

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Perspectiva, Florianópolis, Santa Catarina, Brasil. ISSN print 0102-5473, ISSN 2175-795X.

Recomendamos o uso do browser Firefox_Mozilla como navegador do portal .

Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.