AS CONTRIBUIÇÕES DO TRABALHO DE CAMPO PARA GEOGRAFIA NO ENSINO MÉDIO: INTERSEÇÃO RURAL EM MEIO A UMA REGIÃO DENSAMENTE URBANIZADA, FLORIANÓPOLIS/SC

Rodrigo Sartori Bogo, André Felipe Pacheco de Lima Tabalipa

Resumo


Resultante do estágio de dois graduandos de licenciatura em Geografia, este trabalho trata-se de uma discussão e revisão acerca dos trabalhos de campo e das relações entre espaços rurais e urbanos, tendo como estudo de caso uma saída de campo realizada com alunos de ensino médio de uma escola pública federal do município de São José/SC. Tendo como objetivo discutir a importância, limites e potencialidades do trabalho de campo no ensino de geografia no nível do Ensino Médio, assim como a função do estudo de caso para as discussões sobre a transição urbano-rural, utilizaram-se de revisão bibliográfica detalhada e conclusões derivadas do trabalho de campo de campo em si. Como resultado, percebeu-se que os trabalhos de campo são importante componente da escolarização, especialmente na disciplina escolar de geografia. Além disso, por via da descrição e das observações do trabalho de campo aqui utilizado como estudo de caso, realizado em sítio agroflorestal no bairro Ratones (Ilha de Santa Catarina, município de Florianópolis/SC) foi possível concluir que uma atividade deste tipo tem muito a contribuir nas discussões que envolvem a transição e a interpretação dos limites entre espaços rurais e urbanos. Sendo este tema componente essencial do currículo do Ensino Médio, acredita-se que atividades de campo, bem planejadas e estruturadas, são ferramenta pedagógica essencial para atingir um resultado adequado do processo de ensino-aprendizagem.


Palavras-chave


Trabalho de campo; Espaço rural; Geografia escolar; Agrofloresta;

Texto completo:

PDF/A

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 PESQUISAR – Revista de Estudos e Pesquisas em Ensino de Geografia

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.

Pesquisar - Florianópolis, Santa Catarina, Brasil, ISSNe 2359-1870

v. 6, n. 10, setembro 2019.