A Educação Ambiental nas escolas públicas de Formosa-GO

Autores

Resumo

Este trabalho tem como temática a educação ambiental, no qual buscou-se analisar como os professores da rede pública de ensino de Formosa-GO conhecem e desenvolvem práticas pedagógicas em educação ambiental. Para isso, realizou-se uma pesquisa de levantamento através da aplicação de um questionário que foi respondido por 42 professores das diversas áreas de ensino do município. O principal resultado foi que os professores e as escolas têm se preocupado em trabalhar a educação ambiental, articulando os diferentes componentes curriculares, tomando como referência a realidade e as relações com a comunidade escolar.  

Biografia do Autor

Thiara Messias de Almeida Teixeira, Universidade Estadual de Goiás (UEG)

Doutora em Geografia. Professora do curso de Licenciatura em Geografia da Universidade Estadual de Goiás (UEG) - Campus Nordeste.  

Douglas de Sousa Evangelista, Universidade Estadual de Goiás

Licenciado em Geografia pela Universidade Estadual de Goiás (UEG) – Campus Nordeste

Amom Chrystian de Oliveira Teixeira, Universidade Estadual de Goiás

Doutor em Geografia. Professor do curso de Licenciatura em Geografia da Universidade Estadual de Goiás (UEG) - Campus Nordeste e do Programa de Pós-graduação em Geografia (PPGEO) do Campus Cora Coralina.

Marcos Vinicius Santos Dourado, Secretaria da Educação de Goiás

Mestre em Ciencias de la Educación. Universidad Autónoma de Asunción, UAA, Paraguai.

Referências

APPOLINARIO, F. Metodologia da ciência: filosofia e prática da pesquisa. 2 ed. São Paulo, Cengage Learning, 2015.

ALVES, L. R. F.; LIMA, T. R. A Dimensão da percepção ambiental no ensino do município de Paracatu-MG. In: SIMPÓSIO DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL E TRANSDISCIPLINARIDADE – SEAT, 2, 2011, Goiânia. Anais [...]. Goiânia: UFG / IESA / NUPEAT, 2011. Disponível em: https://files.cercomp.ufg.br/weby/up/52/o/10.Percep__o_ambiental.pdf. Acesso em: 10 fev. 2020.

BERNARDES, M. B. J.; NEHME, Valéria G. de F.; COLESANTI, Marlene T. M. Ensino de geografia e educação ambiental: desafios da práxis cotidiana. Sociedade & Natureza, Uberlândia, v. 16, n. 31, p. 125-135, 2004. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/sociedadenatureza/article/download/9214/5673/35269. Acesso em: 23 ago. 2020.

BRASIL. Resolução CNE/CP nº 2, de 15 de junho de 2012. Estabelece as diretrizes curriculares nacionais para a educação ambiental. Brasília: MEC, 2012. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/index.php?option=com_docman&view=download&alias=10988-rcp002-12-pdf&category_slug=maio-2012-pdf&Itemid=30192. Acesso em: 23 mar. 2020.

CARVALHO, I. C. de M. Em direção ao mundo da vida: interdisciplinaridade e educação ambiental/ conceitos para se fazer educação ambiental. Brasília: IPE- Instituto de Pesquisas Ecológicas, 1998.

CAVALCANTI, L. de S. Geografia, escola e construção de conhecimentos. 18. ed. São Paulo: Papirus Editora, 2013.

DIAS, B. C.; BOMFIM, A. M. A teoria do fazer em Educação Ambiental crítica: uma reflexão construída em contraposição à educação ambiental conservadora. In: ENCONTRO NACIONAL DE PESQUISA EM EDUCAÇÃO EM CIÊNCIAS, 8, 2011, Campinas. Anais [...]. Campinas: ABRAPEC, 2011.

FREIRE, P. Pedagogia da autonomia: saberes necessários à prática educativa. 22. ed. São Paulo: Paz e Terra, 2002.

IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Cidades@. 2020. Disponível em: https://cidades.ibge.gov.br/brasil/go/formosa/panorama. Acesso em: 1 fev. 2021.

LOUREIRO, C. F. B. Educação ambiental transformadora. In: LAYRARGUES, P. P. (coord.). Identidades da educação ambiental brasileira. Brasília: Ministério do Meio Ambiente, 2004.

MARTINS, S. F. A educação ambiental em escolas da rede pública: teoria e prática do professor do ensino fundamental. 2011. 170 p. Dissertação (Mestrado em Geografia) - Universidade de Brasília, 2011. Disponível em: https://repositorio.unb.br/handle/10482/22180. Acesso em: 15 mar. 2020.

OLIVEIRA, C. K.; SAHEB, D.; RODRIGUES, D. G. A Educação Ambiental e a Prática Pedagógica: um diálogo necessário. Educação (UFSM), Santa Maria, v. 45, p. 1-26, 2020. Dsiponível em: https://periodicos.ufsm.br/reveducacao/article/view/33540/html. Acesso em: 12 jun. 2020.

QUADROS, A. Educação Ambiental: iniciativas populares e cidadania. 46f. 2007.Monografia (Especialização em Educação Ambiental) – Universidade Federal de Santa Maria, 2007. Disponível em: https://repositorio.ufsm.br/handle/1/712. Acesso em: 12 jun. 2020.

REIGOTA, M. O que é educação ambiental. 2. ed. São Paulo: Brasiliense, 2009.

SATO, M. Debatendo os desafios da Educação Ambiental. Ambiente & Educação, Rio Grande, v. 5, p.14-33, 2009. Disponível em: https://periodicos.furg.br/ambeduc/article/view/1089. Acesso em:11 jul. 2020.

SAUVÉ, L. Educação Ambiental: possibilidades e limitações. Educação e pesquisa, São Paulo, v. 31, n. 2, p. 317-322, 2005. Dsiponível em: https://www.scielo.br/j/ep/a/hn8HWBV6NQJJHmtMJrqTKBn/?format=pdf&lang=en. Acesso em: 12 set. 2020.

TEIXEIRA, R. A.; BARREIRA, C. C. M. A. Formosa: portal do nordeste goiano ou um pólo regional no entorno de Brasília? Sociedade & Natureza, Uberlândia, n. 19, p. 185-197, jun. 2007. Disponível em: https://www.redalyc.org/pdf/3213/321327190014.pdf. Acesso em: 11 mar. 2020.

Downloads

Publicado

2022-05-27

Edição

Seção

Artigos Científicos