Estudo comparado da transição entre o Ensino Médio e o Ensino Superior: análise das organizações didático-matemáticas dos documentos orientadores do Brasil e de Moçambique

Autores

  • Marlene Alves Dias Universidade Anhanguera de São Paulo
  • Pedro Mateus Universidade Pedagógica de Moçambique

DOI:

https://doi.org/10.5007/1981-1322.2015v10n2p139

Resumo

 Neste trabalho, discutimos a problemática da transição entre o Ensino Médio e o Superior, comparando os sistemas educativos brasileiro e moçambicano, na disciplina de Matemática, com o objetivo de mostrar como funcionam tais sistemas nessa fase e compreender as semelhanças, as diferenças e as implicações para os processos de ensino e de aprendizagem nas instituições escolares. Partimos da questão: quais as expectativas institucionais para as organizações didático-matemáticas dos sistemas educativos brasileiro e moçambicano na fase de transição do Ensino Médio para o Ensino Superior? Como metodologia, analisamos os documentos orientadores para educadores e professores para os dois países. Usamos a Teoria Antropológica do Didático de Chevallard e a técnica de pesquisa documental para identificar as relações institucionais que sobrevivem e se reconstroem nas instituições visadas. Os resultados apontam que os dois sistemas, em geral, são cronologicamente bastante próximos, mas apresentam expectativas de desenvolvimento de conteúdos muito diferentes.

Biografia do Autor

Marlene Alves Dias, Universidade Anhanguera de São Paulo

Departamenteo de Matemática

Pedro Mateus, Universidade Pedagógica de Moçambique

Professor Pesquisador da Univeridade Pedagógica de Moçambique

Downloads

Publicado

2016-01-19

Edição

Seção

Artigos