Concepções dos números racionais na representação fracionária: um estudo com alunos da Educação de Jovens e Adultos (EJA)

Autores

  • Gerson Pastre Oliveira Pontifícia Universidade Católica de São Paulo - PUC/SP
  • Edinalva Rodrigues Ferreira Secretaria da Educação do Estado de São Paulo

Palavras-chave:

EJA, Frações, Números Racionais, Obstáculos Epistemológicos, Obstáculos Didáticos, Contrato Didático

Resumo

O presente artigo descreve uma pesquisa qualitativa, sob o enfoque da análise de conteúdo, realizada com alunos do 2º ano do Ensino Médio de uma turma de Educação de Jovens e Adultos, no sentido de identificar obstáculos de natureza epistemológica e didática que são evidenciados na aprendizagem dos números racionais na representação fracionária por meio das concepções parte-todo e operador. Os dados foram obtidos e analisados a partir da produção realizada pelos estudantes em torno de atividades envolvendo a resolução de problemas elaborados a partir de situações cotidianas, em relação aos quais os sujeitos construíram propostas de soluções em duplas. As análises permitiram levantar a ocorrência de dificuldades na compreensão do significado dos números racionais em sua representação fracionária, em grande parte provocadas pela ausência de tratamento dos obstáculos epistemológicos e didáticos identificados, bem como em razão da prevalência de um contrato didático de natureza prescritiva, cujos efeitos concorrem para aumentar a dependência dos alunos em relação ao professor.  

Biografia do Autor

Gerson Pastre Oliveira, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo - PUC/SP

Professor do Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação Matemática da PUC/SP. Pesquisador do grupo PEA-MAT da PUC/SP.

Edinalva Rodrigues Ferreira, Secretaria da Educação do Estado de São Paulo

Mestre em Educação Matemática. Professora da Secretaria da Educação do Estado de São Paulo.

Downloads

Publicado

2016-07-07

Edição

Seção

Artigos