Um estudo sobre as relações entre atitudes, gênero, série e desempenho em exercícios e problemas envolvendo frações

Andresa Maria Justulin

Resumo


http://dx.doi.org/10.5007/1981-1322.2016v11n2p343

O presente trabalho investigou relações entre o desempenho na solução de problemas e exercícios sobre frações e variáveis como: as atitudes em relação à Matemática, as atitudes em relação a frações, o gênero e a série. Participaram da pesquisa 95 estudantes do Ensino Médio. Os instrumentos utilizados foram: escalas de atitudes em relação à Matemática e em relação a Frações e três provas de Matemática: de algoritmo, conceitual e envolvendo problemas. Os resultados indicaram que as correlações mais fortes foram entre as notas na prova de algoritmo e dos problemas, escalas de atitudes em relação à Matemática e em relação a frações e, em menor grau, entre a nota dos problemas e a escala de frações. Com relação ao gênero, não foram encontradas diferenças significativas. Observou-se também que o desempenho geral tende a melhorar conforme a série, ao contrário do que acontece com as atitudes em relação à matemática. 


Palavras-chave


Educação Matemática; Desempenho; Atitudes; Frações; Solução de Problemas

Texto completo:

PDF/A


DOI: http://dx.doi.org/10.5007/1981-1322.2016v11n2p343

 

Indexadores, diretórios e base de dados:

 

 

 

REVEMAT: R. Eletr. Educ. Mat., UFSC/MTM/PPGECT, Florianópolis, SC, Brasil, eISSN 1981-1322.