Crises e Incompletudes, Multi-histórias Matemáticas

Isabel L. Cafezeiro, Ricardo Kubrusly, Ivan da Costa Marques, Narrira Lemos de Souza, Sicleidi Valente dos Santos Britto

Resumo


Este texto considera episódios referidos como crises da matemática e, seguindo também os cantos da Ilíada e suas narrações de crises, aborda a compreensão de conceitos matemáticos sob pontos de vista diversos. A partir daí, questiona a abordagem da matemática como uma história única e linear, e argumenta pela abordagem de multi-histórias, ou seja, a convivência de reconstruções mesmo que conflitantes, tendo em vista que cada reconstrução traz, além das concepções históricas e matemáticas da época considerada, as concepções vigentes no tempo-espaço do relato. O conjunto destas multi-histórias ampliam as possibilidades de compreensão de conceitos porque deixam à vista uma rede de relacionamentos que participam das formulações e conceitos matemáticos.


Palavras-chave


Matemáticas; Multi-histórias; Crises

Texto completo:

PDF/A


DOI: https://doi.org/10.5007/1981-1322.2016v11nespp162

Indexadores, diretórios e base de dados:

                                                                     

 

REVEMAT: R. Eletr. Educ. Mat., UFSC/MTM/PPGECT, Florianópolis, SC, Brasil, eISSN 1981-1322.
 
 

 Licença Creative Commons
Está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.