O desenvolvimento do pensamento pré-algébrico: uma atividade planejada para alunos dos anos iniciais

Márcia Jussara Hepp Rehfeldt, Marli Teresinha Quartieri, Ieda Maria Giongo

Resumo


O presente artigo tem como propósito apresentar resultados de uma prática em que foram problematizadas questões que contemplam a segunda concepção da álgebra conforme descrita por Usiskin (1995). O desenvolvimento das atividades envolveu docentes dos Anos Iniciais, em seis cidades localizadas no Vale do Taquari, interior do Rio Grande do Sul. Metodologicamente, trata-se de uma pesquisa qualitativa, com características de estudo de caso. Além de analisados e descritos por atividade, os dados foram gerados por meio de materiais contemplando as respostas dos docentes, gravações, fotografias. Os resultados apontam que: a) na resolução dos problemas, os docentes utilizaram diferentes estratégias; entre elas, desenhos, escritas, esquemas, cálculos usando a aritmética; b) alguns docentes, inicialmente, resolveram as questões na forma algébrica em detrimento do uso do material didático manipulável disponibilizado; c) as atividades algébricas contemplando a segunda concepção de Usiskin (1995) podem ser exploradas com alunos dos Anos Iniciais, concebendo ideias de pensamento pré-algébrico. 


Palavras-chave


Anos Iniciais; Ensino de Matemática; Álgebra Pré-álgebra

Texto completo:

PDF/A


DOI: https://doi.org/10.5007/1981-1322.2018v13n2p310

Indexadores, diretórios e base de dados:

                                                                     

 

REVEMAT: R. Eletr. Educ. Mat., UFSC/MTM/PPGECT, Florianópolis, SC, Brasil, eISSN 1981-1322.
 
 

 Licença Creative Commons
Está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.