Fortuna literária de Edgar Allan Poe traduzido em Portugal.

Vivina Carreira Figueiredo

Resumo


Após um breve apontamento sobre a posição do autor no seu sistema original e fora dele, este trabalho constitui-se como um estudo articulado sobre as traduções de Poe em Português europeu, os suportes em que foram publicadas – jornais, revistas, antologias e livros independentes – e a prática da actividade tradutora em si mesma. Ao mesmo tempo, tecem-se algumas considerações sobre o modo como as diferentes instâncias produtoras e estratégias de distribuição determinaram a fortuna literária das obras de Poe traduzidas em Portugal.


Palavras-chave


Tradução, Edgar Allan Poe, actividade tradutora, tradução literária.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5007/2175-7968.2009v2n24p65



Cadernos de Tradução, Florianópolis, Santa Catarina, Brasil. ISSN 2175-7968.