Interpretação educacional como campo de pesquisa: estudo bibliométrico de publicações internacionais e suas marcas no campo nacional

Autores

  • Neiva Aquino Albres Universidade Federal de São Carlos - UFSCAR
  • Cristina Broglia Feitosa de Lacerda Universidade Federal de São Carlos - UFSCAR

DOI:

https://doi.org/10.5007/2175-7968.2013v1n31p179

Palavras-chave:

pesquisa, interpretação de língua de sinais, intérprete educacional

Resumo

O presente trabalho analisa o desenvolvimento de pesquisa acadêmica na área de interpretação em língua de sinais, de 1990 a 2010. Adotou-se a análise bibliométrica de publicações que versassem sobre interpretação de língua de sinais e interpretação educacional. O objetivo principal desta incursão foi o levantamento e descrição de publicações de periódicos científicos internacionais e a compreensão de que forma articulam-se essas pesquisas do exterior com as pesquisas sobre interpretação educacional - IE no Brasil. Para tanto, buscamos fazer um cruzamento dos artigos internacionais com as referências bibliográficas presentes em pesquisas de mestrado e doutorado no Brasil. Constatamos que um número muito pequeno de trabalhos faz referências a esses artigos internacionais sobre IE indicando a pouca articulação e debate com a produção científica não local divulgada em periódicos.

Biografia do Autor

Neiva Aquino Albres, Universidade Federal de São Carlos - UFSCAR

Doutora em educação especial pela Universidade Federal de São Carlos - UFSCar (2010- 2013). Mestrado em educação pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul - UFMS (2005). Especialização em Psicopedagogia pela Universidade para o Desenvolvimento da Região do Pantanal - UNIDERP (2005). Tem experiência na formação e professores de Libras e no desenvolvimento de material didático dessa língua (FENEIS/SP e Letras Libras -UFSC) e na formação de tradutores/intérpretes de Libras em cursos de especialização. Docência e coordenação pedagógica em escolas bilíngues para surdos.

Cristina Broglia Feitosa de Lacerda, Universidade Federal de São Carlos - UFSCAR

Graduação em Fonoaudiologia pela Universidade de São Paulo (1984), Mestre em Educação pela Universidade Estadual de Campinas (1992) e Doutora em Educação pela Universidade Estadual de Campinas (1996). Atualmente é professor Adjunto II da Universidade Federal de Sâo Carlos (UFSCar) no Curso de Licenciatura em Educação Especial e no Programa de Pós-Graduação em Educação Especial- PPGEEs. Experiência na área da Fonoaudiologia, com ênfase em Surdez, e atuação na área educacional desde 1996 com estudos desenvolvidos na perspectiva histórico-cultural e nos pressupostos da abordagem enunciativo-discursiva. Assessoria a redes municipais de Educação para implantação e acompanhamento de Programa de Educação Inclusiva Bilíngüe em Piracicaba, Campinas, São Paulo e São Carlos. Interesse em pesquisa na atuação do Intérprete educacional de Língua de Sinais. Pós doutorado no Centro de Pesquisa Italiano (CNR ROMA) em 2003. Consultora de diversas agências de fomento e assessora para a área de surdez.Coordenadora do Programa de Pós-Graduação em Educação Especial- PPGEEs.

Downloads

Publicado

2013-04-13

Edição

Seção

Artigos